A Mulata: o refúgio vegan onde se pode andar descalço

O que está na carta é vegetariano ou vegan, prima por um ambiente tranquilo, tem livros à disposição, e os clientes podem andar descalços que a proprietária fica contente. É a cafetaria A Mulata, de Aveiro.

Joana Teixeira dos Santos é a mulata que criou uma cafetaria à sua imagem. Desde o nome, ao logótipo que é a sombra da sua cabeça vista de lado, ao menu vegan e vegetariano, passando pela seleção musical e pelo seu amor pela literatura, cinema e pintura, com livros nas mesas, quadros nas paredes, poemas e fotografias dentro de garrafas. O espaço reflete a sua personalidade. «Queria que este lugar fosse um refúgio, com poucas mesas para as pessoas se sentirem tranquilas, e com boa música», conta.

Este refúgio fica no rés-do-chão de um edifício no bairro histórico de Aveiro, tem mantas e um quadro de lousa para quem quiser deixar a sua marca em palavras ou desenhos. «É um espaço para as pessoas que querem fugir das multidões, onde podem comer um bolo ou beber um simples café. Quisemos fugir um bocado às cafetarias tradicionais», acrescenta.

Os bolos são vegan, não levam ovos, o leite é vegetal, são servidos à fatia ou vendidos inteiros por encomenda. A fruta da época inspira as receitas e há dias em que há tarte de mirtilo e iogurte de soja e bolo de figos. Os biscoitos são de aveia ou de alfarroba e, todos os dias, há um menu diferente ao almoço. Um prato de cogumelos frescos com molho de café e natas de coco ou legumes à Brás são algumas das opções. As tostas à mulata são servidas em pão feito de forma artesanal num forno a lenha e recheadas com vários ingredientes como queijo brie, mel, sementes de sésamo, lascas de amêndoa. O café tem três variedades e leva creme de soja feito na hora. Há café com chocolate, café com gelo e canela, e café com canela, gengibre e cardamomo. Sábado é dia de brunch, das 11h00 às 15h00, com tosta de milho ou arroz e palitos de cenoura, húmus ou manteiga, espetada de fruta ou salada, panquecas simples, chá frio ou limonada.

Joana, que é vegetariana e estudou artes, aposta num serviço caseiro. «O nosso atendimento tem de ser cinco estrelas, fazemos as coisas com muito carinho, com simplicidade». Sem os barulhos da cidade, com música variada do rock ao fado, do jazz ao pop, nacional ou internacional, a mulata quer que os clientes estejam à vontade. «E podem andar descalços, isso enche-me o coração». E já aconteceu.

 

Partilhar
Partilhar
Mapa da ficha ténica
Morada
Avenida Santa Joana, 24, (Aveiro)
Horário
Das 9h00 às 19h00 de segunda a sexta-feira, das 9h30 às 16h00 ao sábado, encerra ao domingo.
Custo
() Preço médio: fatia de bolo 2,5 euros, brunch 10 euros, menu mulata 3,6 euros.


GPS
Latitude : 40.63838743139331
Longitude : -8.651880932540962

 

Leia também:

Vegan Vibe: a caixa que lhe leva snacks vegan a casa
Esta loja ‘online’ tem consciência social, ambiental e cultural
O novo café do Porto tem bolos caseiros e arte