Natal: vinhos que ligam na perfeição com bolo-rei

Percorra a fotogaleria acima para ficar a par de seis sugestões de vinhos tintos e brancos que acompanham na perfeição com uma fatia de bolo-rei, mesmo a tempo deste Natal.

A criação do bolo-rei é indubitavelmente francesa, foi em França que tudo começou. Até nós, terá chegado pela mão do dono da Confeitaria Nacional, em Lisboa, no início do século XIX, que a trouxe diretamente de Paris. Foi grande a novidade e rapidamente contagiou outros pasteleiros da capital, criando versões e estilos diferentes do bolo que tinha forma de coroa.

E é mesmo de uma coroa que se trata, no século XVIII em França nasceu com o nome de gâteau des rois, ou bolo dos reis. O bolo para o Dia de Reis. A criatividade não respeita fronteiras nem limites e depressa se começou a produzir o bolo com formas e decorações diferentes.

Por cá continuamos a inovar, e há mesmo autores de bolo-rei que todos os anos fazem as suas propostas ao mercado. De forma um pouco misteriosa, os portugueses aderem às sucessivas versões como se de uma nova moda se tratasse. Ainda bem, é difícil imaginar bolo mais alegre.

 

Leia também:

Bolo-rei vegan? Sim, já existe e está à venda
Prefere bolo-rainha a bolo-rei? Este croissant é para si
Mafra: Escapadela na natureza digna de um verdadeiro rei