Época: o novo café do Porto tem pratos vegetarianos

Num espaço onde as linhas decorativas cruzam a inspiração nórdica e japonesa, provam-se produtos biológicos e vegetarianos, entre infusões e café de especialidade, para saborear com tempo e sem pressas.

É no rolo de papel afixado atrás do balcão que se centram as primeiras atenções de quem entra no espaço. Ali anunciam-se as escolhas do dia: saladas, tostas e pratos leves, vegetarianos e veganos, todos preparados com produtos locais e biológicos.

A linha inflexível da cozinha manobrada por Liliana Alves e Tiago Teixeira tenta promover um estilo de vida saudável, sendo que é possível traçar a origem dos produtos utilizados para confecionar cada um dos pratos que compõem a ementa do dia, sempre em constante mutação. Na origem do Época está um fascínio pelo hábito nórdico do café. O casal que viveu na Dinamarca e Suécia sentia falta da «cultura do café» e das horas passadas à mesa, entre chávenas e «almoços com uma qualidade que por norma só se encontra ao jantar».

As portas abrem logo pela manhã, para começar a servir o pequeno-almoço que não tem limites e pode ser pedido até ao final do dia. Apesar de «gostar do clássico pão com manteiga e compota», Liliana quis trazer algo de diferente e que aqui surge sob a forma de granolas, overnight oats e pão de receita própria. E no Época, o expresso ao balcão é para esquecer. Este toma-se vagarosamente – sob forma de expresso, macchiato, na prensa francesa, sempre com recurso aos grãos vindos de Barcelona, da Right Side Coffee Roasters -, à mesa, enquanto se lê uma das várias revistas e jornais espalhados pelas mesas.

Na ementa diária surgem pratos sempre diferentes mas com uma característica comum – são sempre vegetarianos e ocasionalmente vegan. As sopas tanto podem ser de espinafres e duqqa – uma mistura de especiarias e ervas – com avelã tostada como de beterraba. Nas tostas, tanto se engendra uma versão tipicamente dinamarquesa com pão de centeio com remoulade e funcho ou de ovos mexidos com pão caseiro e cogumelos. Os produtos disponíveis e a criatividade de Tiago e Liliana é que ditam com que pratos se constrói o menu do dia.

Desengane-se quem pensar que o Época é um espaço fundamentalista, até porque os donos se consideram flexitarianos, ou seja, não recusam um bom prato de carne, se a ocasião o proporcionar: «Se for a casa da minha mãe e ela fizer cabrito à moda do Minho, não resisto, mas a minha tendência nunca foi a de comer carne.»

A formação como designer permitiu a Liliana criar no espaço o ambiente perfeito e minimalista que tenta transportar para o Porto não apenas os hábitos nórdicos, mas também o design, combinado com «alguma inspiração japonesa». O sítio perfeito para um almoço a dois ou café solitário e demorado na companhia de uma revista.

Leia também:
As 12 novas cafetarias do Porto que é preciso conhecer
O novo restaurante vegetariano do Porto com pratos coloridos
Com Cuore: o novo café do Porto onde o glúten não entra

Partilhar
Partilhar
Mapa da ficha ténica
Morada
Rua do Rosário, 22, Porto (Cedofeita)
Telefone
913732038
Horário
Das 09h00 às 18h00. Até às 16h00 ao sábado. Encerra ao domingo.
Custo
(€) 10 euros

Email
hey@epocaporto.com

Info
Restaurante tradicional, porto, café, vegetariano
GPS
Latitude : 41.14786489999999
Longitude : -8.620423399999936


CONTEÚDO PATROCINADO