Juicy: O novo restaurante saudável de Lisboa

O parisiense Amaury Meunier veio para Lisboa como agente imobiliário, mas a sua vocação para DJ nas horas vagas e a preocupação crescente com o planeta e os recursos alimentares fizeram-no apostar no Juicy, um misto de restaurante rápido e bar de cocktails onde o lema é ser saudável, consciente e divertido.

Nasceu em Paris, viveu em Nova Iorque e fez dinheiro no ramo tecnológico antes de, à semelhança de tantos outros compatriotas, se mudar para Lisboa atraído pela oportunidade de negócio no setor imobiliário. A história poderia ficar por aqui, não fosse o caso de Amaury Meunier ser também DJ nas horas vagas e de estar cada vez mais preocupado com o alerta planetário para a sustentabilidade. Inclusive na alimentação: «Sou francês, não sou vegetariano nem quero abrir mão de prazeres como o queijo, mas já penso duas vezes antes de comer carne e preocupa-me a forma como nos estamos a alimentar», desabafa. Vai daí descobriu não estar sozinho e haver ainda espaço em Lisboa para um restaurante de comida saudável, de filosofia vegana aberta a todos (o mantra: porque não mudar de hábitos?), sem radicalismos, que pudesse também fazer as vezes de bar de cocktails a partir do final da tarde – outra lacuna na cidade, a seu ver.

Descoberto o espaço na Baixa, recorreu ao ateliê de Joana Astolfi para conseguir um ambiente descontraído de inspiração psicotropical, entre Marrocos e México, que tem a particularidade de ir baixando a luz à medida que o dia avança e o volume da música aumenta – batidas groovy, funky e soul a cargo de Amaury e dos seus amigos. Para compor o menu, chamou o franco-americano Christian Mongendre – estabelecido em Hong Kong, onde ganhou a alcunha de Chef Verde pela sua dedicação à causa – que durante três meses esteve em Lisboa para montar o cardápio e treinar a equipa residente liderada por uma ex-cozinheira do The Temple of Food, na Mouraria.

Tudo gira em torno do flat bread (pão plano integral que leva na massa za’atar, mistura de especiarias do Médio Oriente, e é assado em forno de lenha) recheado com receitas da casa ou ingredientes à escolha do freguês. Nada de carne ou peixe, conservantes ou químicos, gordura trans ou açúcar refinado – as únicas exceções permitidas são o queijo e a omeleta, mas tudo é feito com produtos orgânicos locais, preparado na hora de preferência e com o mínimo desperdício possível (o take away vem em embalagens amigas do ambiente, reduzem ao máximo os plásticos, filtram a água e até os tabuleiros são de madeira reciclada).

Todos os dias há uma sopa, uma salada e um combinado novos, mas tudo está pensado para ser pedido durante o horário de funcionamento – ressalva: à noite as porções vão ser menores, para comer a mão e melhor acompanharem os cocktails. O Juicy diz-se um fast vegan food informal e divertido, sem abrir mão da apresentação e da qualidade – porque, reforça Amaury, «as pessoas precisam de equilíbrio nas suas vidas».

Partilhar
Partilhar
Mapa da ficha ténica
Morada
Rua de São Julião, 70 (Baixa), Lisboa
Telefone
213456789
Horário
Das 09h00 às 22h00. Encerra ao domingo.
Custo
(€) Preço médio: 13 euros


GPS
Latitude : 38.70953650000001
Longitude : -9.136033300000008

Leia também:

Neste italiano inspirado na máfia não pizas
Comida tradicional ganha espaço renovado no Porto
Há uma nova pizaria artesanal em Torres Vedras