Boca a boca: pequeno-almoço do Lumiares custa (só) 15 euros

Terraço do restaurante Lumni, no topo de The Lumiares Hotel, em Lisboa [fotografias de João Miguel Simões]
Os mais curiosos, e atentos às redes sociais, já derem por ele graças ao seu terraço estratégico, no topo de The Lumiares Hotel, entre o Bairro Alto e o Chiado, mas o restaurante Lumni optou por uma abertura discreta até estar a trabalhar em pleno. O que muitos não sabem (ainda) é que além de servir almoços e jantares, ele também estendeu a não hóspedes o seu pequeno-almoço por uma quantia bem simpática (se pensarmos que se trata de uma unidade de luxo).

Lobby [fotografia de João Miguel Simões]

Bar de águas e sumos no pequeno-almoço [fotografia de João Miguel Simões]

Panqueca de maçã [fotografia de João Miguel Simões]

Buffet [fotografia de João Miguel Simões]

Lumni [fotografia de João Miguel Simões]

Mais do que apenas quartos, o novo The Lumiares Hotel, com entrada pela Rua do Diário de Notícias, no Bairro Alto, propõe pequenos apartamentos que podem até ter kitchenette para quem deseja uma estada com conforto e autonomia em Lisboa — mas sem nunca abdicar de todas as benesses de estar num hotel cinco estrelas.

Instalado num antigo palacete, com decoração contemporânea e arty, o Lumiares, que em breve vai inaugurar um segundo restaurante (o Mercado Café, anunciei-o antes aqui), guardou literalmente a cereja no topo do bolo para o seu último andar, onde fica o restaurante-bar Lumni a cargo do chef Miguel Castro e Silva.

Com 43 lugares no interior e outros 45 no terraço, o Lumni serve almoços e jantares, com um tipo de cozinha que Castro e Silva quer mais experimental em relação aos seus outros projetos, mas não é disso que vos vou falar hoje. Como nem só de brunches vive o Homem, vale referir que, desde o início, tem sido política do hotel abrir o seu pequeno-almoço (de segunda a sábado; ao domingo há brunch) a não hóspedes pela simpática quantia de 15 euros — o valor já foi alvo de revisão, de modo a ser igual para todos. Convém acrescentar que se trata de um buffet com sumos, café ou chá, frutas, salgados, entre outras coisas. Na hora, é possível pedir ovos ou, ganhou o meu coração, uma panqueca de maçã.

Não é um segredo, ainda assim, se alguém vos perguntar, não digam que ajudei a partilhar a boa nova 😉

 

[Sigam-me também no Instagram para mais estórias visuais]



CONTEÚDO PATROCINADO