Percorrer os trilhos da serra alentejana de São Mamede

Pelos trilhos diversificados da serra de São Mamede
Percurso de 10 km muito variado em termos geológicos e de flora. (Fotografia de Reinaldo Rodrigues/GI)
A antiga freguesia de Reguengo, em Portalegre, é o ponto de partida e chegada de um percurso pedestre que cruza o coração da maior serra alentejana.

Com início e fim junto à Igreja Paroquial do Reguengo, trata-se de um percurso de 10 km bastante diversificado, quer em termos geológicos como de flora, mas também particularmente acidentado, com passagem por diversos dos cumes, cristas, escarpas e desfiladeiros que marcam a paisagem do Parque Natural da Serra de São Mamede, situado no distrito de Portalegre.

Começa-se por caminhar sobre um solo de rocha granítica com cerca de 500 milhões de anos, conhecido como «granito tectonizado de Portalegre», devido às suas fortes e bem visíveis compressões e deformações. Logo à saída da localidade encontra-se uma pequena mancha florestal de sobreiros, carvalhos e pinheiros-bravos, que antecede um velho souto de castanheiros. Um pouco mais à frente, chega-se à Quinta da Relva e daí continua-se para as zonas de maior altitude, onde predominam as cristas quartzíticas e os xistos.

A vista panorâmica sobre as terras mais planas, a sul, obrigam, aqui e ali, a paragens mais ou menos demoradas. Como a que se impõem na Quinta da Lameira, para apreciar a casa famosa solarenga do séc. XVIII, rodeada de fontes decoradas com azulejos, onde os caminhantes podem matar a sede, antes de partir novamente serra abaixo, outra vez em direção ao Reguengo.

Com 1025 metros de altitude, o miradouro do Pico da Serra é o ponto mais elevado da Serra de São Mamede, tornando-a assim na cadeia montanhosa mais alta existente a sul do rio Tejo.

A cerca de 10 km do trilho do Reguengo, a cidade Romana de Ammaia fica já situada no concelho de Marvão e é um dos mais bem preservados exemplos de urbe imperial existente em território nacional. No local existe um Museu Monográfico, com exposições de material recolhido ao longo dos anos, tanto no decorrer de trabalhos agrícolas como em escavações arqueológicas.

www.ammaia.pt

 

AGENDA

Zoelae Trail, Bragança
13 de agosto
O Castelo de Bragança é a meta da primeira edição desta prova de trail running, integrada no programa da Festa da História e que inclui um trail longo de 25 km, um trail curto de 17 km e uma caminhada não competitiva. A partida terá lugar no Castro de Avelãs, junto ao Mosteiro de São Salvador e o percurso percorrerá depois os trilhos da Serra da Nogueira, a maior mancha espontânea de carvalho negral da Europa, com passagem pelo sítio da Torre Velha, conhecido como a capital dos Zoelae, um povo pré-romano considerado um dos mais antigos grupos étnicos da Península Ibérica.
www.zoelaetrail.com

Évora Desaparecida Tour, Évora
11 a 13 de Agosto
Um passeio pedestre pelo centro histórico da capital alentejana, que percorre os principais monumentos da cidade através do seu processo de demolição, destruição ou reconstrução durante o confuso século XIX português. Este novo olhar sobre a urbe património mundial é feito com o acompanhamento de um intérprete do património, que, acompanhado de uma caixa mágica de elucidativas fotografias de arquivo, desvenda, ao longo de um percurso muito descontraído, a forma original de alguns dos locais mais emblemáticos da capital do Alentejo.
www.rotascompadres.pt

Passeio Geológico nos Olhos de Água do Alviela, Alcanena
15 de agosto
O geólogo João Pereira será o guia deste passeio pedestre pelos Olhos d’Água do Alviela, que pretende dar a conhecer alguns dos segredos do Maciço Calcário Estremenho e da incrível viagem da água por estes percursos subterrâneos. A caminhada, com cerca de 13 km, tem início junto à Praia Fluvial dos Olhos d’Água e inclui uma visita à nascente dos Olhos d’Água do Alviela, uma das mais importantes do país e que durante séculos abasteceu de água a zona da grande Lisboa.
greentrekker.pt

 

Leia também:

Alentejo: boas surpresas em redor de Marvão
Sete quilómetros a pé pelo Alentejo
Rota Vicentina está entre as seis mais bonitas do mundo



CONTEÚDO PATROCINADO