A vida de bairro cabe toda no novo Centro Comercial Roma

O antigo Centro Comercial Roma está de cara lavada e recheado de comércio local de qualidade – e com espaço para algumas surpresas. Vale a pena (re)descobrir este resistente dos anos 1980 que soube adaptar-se à nova realidade do bairro.

Este é o centro comercial para quem não gosta de centros comerciais. Tem o tamanho certo – 40 lojas em três pisos. Tem o que precisamos sempre, como a papelaria, a lavandaria, o cabeleireiro ou o café, mas tem também pequenos segredos, como uma loja só de chapéus, uma livraria alfarrabista, uma galeria de arte e um restaurante peruano.

Começou nos anos 1970 como uma espécie de Grande Armazém em ponto pequeno. Chamava-se Tutti Mundi Drugstore. Em 1988 foi convertido à atual forma de centro comercial com meia centena de lojas e foi durante muitos anos local obrigatório para quem fazia compras na então exclusiva Avenida de Roma. Com o tempo, e o aparecimento de grandes centros comerciais, viu partir lojas-âncora como a Cenoura ou o cabeleireiro Marina Cruz. A crise agravou os problemas, e os responsáveis na altura, a Companhia dos Grandes Armazés Alcobia, entrou em insolvência acabando o imóvel por ser devolvido ao proprietário, a Veifer. É aqui que começa outra história.

Ao contrário da maioria, este é um centro comercial de família, gerido em família e que quer manter esse espírito. A família Veiga Ferro, que até então geria essencialmente arrendamentos residenciais, aceitou o desafio de administrar um centro comercial. Começaram pelas obras de reabilitação e aos poucos, a partir de 2013, foram dando vida nova a cada um dos pisos e angariando as lojas certas para criar uma oferta equilibrada e adaptada ao bairro, que neste momento tem uma percentagem grande de população envelhecida mas também está a receber uma nova geração de moradores.

A gestão está agora entregue a Manuela Ferro, Isabel Ferro e ao marido Jorge Forjaz. O entusiasmo e carinho com que falam sobre cada loja, cada lojista, cada melhoramento é provavelmente o segredo deste sucesso. Hoje, o centro voltou a ter vida e são muitos os que vêm aqui todos os dias – para comprar revistas, almoçar no restaurante Roma, ver as montras, para atravessar o quarteirão entre a Conde Sabugosa e Avenida de Roma ou, simplesmente, para se sentar e conversar com os amigos, porque este é um ponto de encontro no bairro.

 

Partilhar
Mapa da ficha ténica
Morada
Avenida de Roma, 38 (Alvalade), Lisboa

Website

GPS
Latitude : 38.7465145
Longitude : -9.140227099999947

 

Leia também:

Papel para várias artes numa loja no bairro de Alvalade
Lisboa: o Nómada chegou para ficar nas Avenidas Novas
O Prego da Peixaria em Alvalade, o maior e mais diverso