No Terra Nua, em Aljustrel, descansa-se ao natural

(Fotografia: DR)
O Terra Nua abriu portas em Messejana pelas mãos de dois naturistas que acreditam na comunhão entre o corpo e a natureza. Ao alojamento juntam-se uma piscina tratada a sal, noites estreladas e uma praia naturista oficial a poucos minutos de distância.

“Eu e o Hélder somos naturistas há muito tempo. Já em adolescente, gostava imenso de fazer naturismo”, conta Jorge Coelho, ele que, em conjunto com Hélder Rodrigues, criou o Terra Nua, parque de campismo e autocaravanismo naturista/nudista em Messejana, Aljustrel. “Sentimos que era o sítio ideal para um espaço deste género, pequeno e familiar”, diz o empresário de 55 anos, muitos deles ligados à hotelaria. Já Hélder, de 54, trabalhou na banca até entrar no mundo da cozinha. A ideia de criar o Terra Nua nasceu pouco antes da pandemia e torná-la um projeto palpável foi “um parto difícil”, conta Jorge. “O naturismo é muito mais do que estar nu. Temos pessoas com dificuldade em aceitar o seu corpo e ao estar em espaços em que todos estão relaxados e tranquilos, percebem que não têm razões para isso”. A zona da piscina é a única em que a nudez é obrigatória.

Ao serviço dos hóspedes funcionam também um snack-bar/receção com bebidas e refeições ligeiras (refeições mais elaboradas mediante pedido) e dois balneários com fraldário e banheira portátil, para quem passa férias com bebés. Pelo parque existem 30 alvéolos para tendas, caravanas e autocaravanas, com ligação elétrica e pontos de água, com capacidade para 89 pessoas em simultâneo.

(Fotografia: DR)

Quem quiser ficar no Terra Nua e não tiver material pode alugar uma tenda dupla, já equipada com roupa de cama (saco-cama de casal), almofadas e toalhas de banho, eletricidade e lugar de estacionamento para um automóvel. À noite, o terraço convida a olhar o céu pontilhado com estrelas.

“A grande maioria das pessoas que nos chegam já pratica naturismo. Há pessoas que já faziam naturismo nas praias mas nunca tinham ficado num espaço destes, e pessoas curiosas que vieram pela primeira vez experimentar naturismo”, diz Jorge, satisfeito com o facto de naturismo/nudismo estar aos poucos a desmistificar-se junto do público em geral.

PRAIA DO SALTO
A Praia do Salto, em Sines (Porto Covo) foi a terceira praia legalizada em Portugal para a prática naturista, em 2002. O areal surge numa pequena enseada envolta por falésias (entre as praias do Cerro da Águia e Cerca Nova) e não é vigiado, tendo acesso por escada pelo topo sul. Possui uma bica de água doce. O estacionamento automóvel faz-se num terreno junto à Estrada Municipal 1109 de Porto Covo.

Partilhar
Partilhar
Mapa da ficha ténica
Morada
Estrada Municipal 1082, Foros de Vale de Água, Messejana, Aljustrel
Telefone
963096736/918980194
Custo
() Preços por noite (tenda, caravana ou autocaravana): 7,50 euros (adulto); 3,74 euros (crianças dos 3 aos 12 anos); gratuito até aos 2 anos; 6,50 euros (tenda); 7,50 euros (caravana e autocaravana); tenda dupla, 45 euros/noite.


GPS
Latitude : 39.3999
Longitude : -8.2245




Outros Artigos





Outros Conteúdos GMG





Send this to friend