Hotel Farol, em Cascais, soma 21 anos de experiências de luxo em cima do mar

Piscina de água salgada e vistas rasgadas sobre o mar marcam o Hotel Farol. (Fotografia de Paulo Spranger/GI)
Iluminado pelo Farol de Santa Marta, o Farol Hotel, em Cascais, herdou dele o nome e uma marcante vista atlântica. Neste antigo palacete do final do séc. XIX, a natureza alia-se ao design e à arte, de mão dada com a eclética oferta de comidas e bebidas.

Corridas as cortinas brancas da junior suite Ana Salazar, nada mais se vê a não ser o Atlântico em contraste com o interior minimalista. Um convite a serenar. Este é um dos oito quartos designer do Hotel Farol, que convidou estilistas nacionais a assinar algumas peças, desde o mobiliário à escolha de tecidos. Todos diferentes, partilham no entanto as linhas contemporâneas das acomodações, renovadas há quatro anos com modernos closets e casas-de-banho equipadas com duche de hidromassagem.

Tal como as marés vão e vêm, o Farol Hotel tem sabido revitalizar-se ao longo de 21 anos de história, tendo sido o primeiro membro da Design Hotels no país. Projetado a partir do restauro e ampliação de uma mansão do século XIX, o hotel conservou a aura aristocrática original, casando-a com o design contemporâneo dos 33 quartos e suítes. Qual galeria de arte, os corredores e alguns dos quartos expõem esculturas de Adélia Carvalho e pinturas de Diogo Navarro, ambos embaixadores da unidade.

A junior suite Ana Salazar. (Fotografia de Paulo Spranger/GI)

Grande parte do chão de madeira é original, lembrando o tempo em que o Conde de Cabral, político e membro da Corte, ali viveu quando a nobreza e a alta burguesia descobriram o charme de Cascais. Em contraste com o interior, decorado em tons de branco e preto, o exterior reflete toda a luz do dia, tendo um deck preparado para sessões de massagens. A imagem de marca é a piscina de água salgada, que convida a passar horas a ler um livro embalado pela rebentação das ondas do mar.

Enquanto o Bar On The Rocks fornece os refrescos líquidos e snacks adequados ao tempo quente, os restaurantes The Mix e Sushi Design complementam-se ao jantar e ao almoço. A liderar a cozinha mediterrânica de autor está o chef Sebastian Fritye, coordenado com o chef de sushi Francisco Braga. Além da vista para o mar, ambos partilham o pescado fresco da costa continental e açoriana, que apresentam sobre a forma de gunkans, uramakis ou ceviches; ou em linhas tradicionais e reinventadas.

Uma das salas do palacete. (Fotografia de Paulo Spranger/GI)

A varanda do Sushi Design. (Fotografia de Paulo Spranger/GI)

Enguia fumada com tártaro de tomate, alface do mar cristalizada e sorbet de limão; ostra com tempura de abacate; e tornedó de novilho com espuma de batata fumada, presunto pata negra e ovo de codorniz são alguns dos valores seguros do The Mix. Já os apreciadores do sushi de fusão encontram, por exemplo, ceviche japonês de salmão, atum e lírio dos Açores e uma original tempura de camarão com salmão, queijo creme e cebolinho batizada de AMT spicy, pela diretora Ana Maria Tavares.

 

Partilhar
Partilhar
Mapa da ficha ténica
Morada
Avenida Rei Humberto II de Italia, 7, Cascais
Telefone
214823490
Horário
Bar Farol, todos os dias das 10h30 às 00h e até às 01h ao fim de semana. The Mix, todos os dias das 12h30 às 15h e das 19h às 22h30. Sushi Design, todos os dias das 12h30 às 15h e das 19h às 22h30.
Custo
(€€) Quarto duplo a partir de 280 euros/noite com pequeno-almoço buffet. Preços médios dos restaurantes à carta: The Mix : 71 euros; Sushi Design: 63 euros.


GPS
Latitude : 38.69034
Longitude : -9.422225000000026




Outros Artigos





Outros Conteúdos GMG





Send this to friend