Uma casa algarvia onde se ensina a fazer a cataplana perfeita

Na cozinha deste restaurante de Faro aprende-se a fazer cataplanas em apenas três horas. E ainda há tempo para ir comprar os ingredientes ao mercado.

Em três horas, há tempo para ir ao mercado comprar os ingredientes para a cataplana; para conversar sobre a história do prato típico; e para preparar um belo exemplar de, por exemplo, peixe, marisco e bivalves. Tudo isto acontece no piso superior do Tertúlia Algarvia, restaurante que também é loja e palco de divulgação de gastronomia, história e tradições regionais.

O chef Frederico Lopes confessa que a cataplana de que mais gosta é a de polvo com batata-doce. «É uma cataplana de 2ª geração», o que quer dizer que, ao contrário da tradicional, nesta nem tudo é cozinhado ao mesmo tempo: o polvo é congelado para se partir a fibra e cozido ao vapor, processo que lhe realça o sabor.

Outra iguaria a provar na Tertúlia é a muxama, o chamado «presunto do mar», lombo de atum, salgado e seco, cortado em finas tiras. Um petisco.

TERTÚLIA ALGARVIA
Morada: Praça Afonso III, 13, Faro
Tel.: 289821044
Horário: Das 10h00 às 00h00; sexta e sábado, até às 01h00; domingo, até às 23h00. Não encerra.
Preço médio: 25 euros. Workshops, 40 e 60 euros.