Lisboa: há um novo menu dedicado à vaca de raça Minhota

O Rib Beef & Wine, o restaurante da Pousada de Lisboa, na Praça do Comércio, preparou um menu especial dedicado à vaca de raça Minhota, com carne maturada até 60 dias, disponível até dia 22.

A vaca de raça Minhota é rainha e senhora no RIB Beef & Wine Lisboa, situado na Praça do Comércio, até ao dia 22 deste mês. Um novo menu exclusivo, totalmente dedicado e em homenagem a esta raça autóctone que contabiliza cerca de seis mil animais, está a ser servido no restaurante da Pousada de Lisboa aos almoços e jantares.

A assinatura dos pratos está a cargo do chef Luís Rodrigues (ele próprio minhoto, de Ponta de Lima), o responsável pela cozinha deste restaurante inaugurado há cerca de um ano. Uma iniciativa do projeto Go Foodies, de Nuno Nobre, que junta gastronomia e ciência, feita com o apoio da Associação Portuguesa dos Criadores de Bovinos da Raça Minhota e da Carnes Jacinto.

Com um preço de 39 euros, que já inclui a harmonização vínica (com um Quinta do Penedo branco, um Quinta do Valdoeiro tinto e um porto), o menu é composto por vários pratos. Para entradas, há carpaccio da vazia em salmoura de duas horas; tártaro de novilho e cebola crocante; salada de língua com puré de batata doce; e pica pau com molho Marrare, ananás e cogumelos.

No primeiro prato, o novilho com redução de molho de cebola roxa vem acompanhado por um brás de legumes com gema de ovo cozinhada a baixa temperatura, batata com molho de especiarias e salada de tomate. A carne aqui é maturada durante 28 dias. Já no segundo, a vazia e o rib eye da vaca, maturados durante cerca de 60 dias, são servidos com arroz de grelos e chouriça de cebola; batata frita e salada coleslaw. A sobremesa, por fim, é servida em dose dupla, com queijada de leite e uma tarte de limão merengada.

«O objetivo é dar relevo a uma carne que é nossa, que ainda está em estado puro, mas é pouco conhecida, comparando com outras raças DOP», explica o chef Luís Rodrigues. «Antigamente, esta raça era muito proliferada. Hoje muito poucos a criam, é raro, daí a importância deste tipo de iniciativas, há que valorizar e manter as origens. Esta é uma raça estupenda, a carne é fabulosa e considerada uma das melhores do mundo», acrescenta Sérgio Ribeiro, da Carnes Jacinto.

Sobre esta que é «a única raça portuguesa com tripla função», (a sua carne, a produção de leite e o trabalho agrícola), João Sobreiro, da Associação Portuguesa dos Criadores de Bovinos de Raça Minhota, explica: «Há aqui características únicas e não há raça como esta. Em casos de animais que sejam mais velhos, a sua carne chega a ser alvo de uma alta maturação de 120 dias», frisa.

 

Leia também:

Há um novo restaurante grego no Porto
9 restaurantes para conhecer em Leça da Palmeira
Minho tem um dos melhores sítios da Europa para acampar