Há um novo espaço com queijos ibéricos no portuense Pátio das Marias

Os queijos ibéricos são a nova aposta do Pátio das Marias, mercearia na Cedofeita, no Porto. (Fotografia de Igor Martins/GI)
A mercearia O Pátio das Marias, no Porto, tem agora um espaço dedicado aos queijos, com uma esplanada a uns metros da loja original. Este quer dar a conhecer a produção ibérica artesanal e vinhos portugueses.

Foi no troço pedonal da Rua de Cedofeita que Eunice Sobral abriu este mês a sua queijaria. A loja original, umas portas ao lado, mas já na zona de tráfego automóvel, é conhecida por vender produtos regionais de todo o país, entre queijos, enchidos, vinhos, azeites ou compotas. Uma mercearia fina onde se pode degustar sabores “muito tradicionais e fortes, que agradam a uma clientela específica, principalmente portuguesa”, conta Eunice.

À clientela já fidelizada do Pátio das Marias, Eunice quis juntar outra, sobretudo os turistas que geralmente não passam da zona pedonal da rua – mas sem descaracterizar a loja original, em especial no que toca à excelência dos produtos e à sua origem.

“Quando pensei em abrir uma queijaria toda a gente me dizia que tinha de ter queijos do mundo”, conta. “Achei que isso era mais do mesmo, mas também não queria ter só queijos portugueses.”

Assim, contactou a Associação de Queijos Artesanais das Astúrias e alargou a oferta para Espanha. “Mas aqui só entram queijos artesanais”, esclarece.

Das Astúrias vem o Cabrales (um queijo azul), o Afuega’l pitu (queijo de leite de vaca não pasteurizado) e o Gamonéu, um queijo de mistura ligeiramente fumado, também DOP. De Cáceres vem a Torta del Casar, um queijo amanteigado de ovelha que lembra o nosso Serra da Estrela.

A Galiza está presente com os queijos de vaca Tetilla e San Simón da Costa, este último fumado. De lá vêm também dois tipos de manteiga artesanal, cozida e não cozida, que se vende ao peso. Não falta igualmente o manchego, original da Mancha (região Castela-Mancha). Dos portugueses, destaque-se, além do da Serra, o de Serpa (alentejano), o Terrincho (transmontano), o São Jorge (dos Açores) e os queijos de cabra da Brejo de Gaia (Abrantes).

Os queijos podem ser comprados ao peso para levar ou degustados em tábuas, com compotas, azeitonas e pão. Para beber, Eunice apostou nos vinhos da Quinta da Covela (região dos Verdes) e da Quinta das Tecedeiras (Douro). Quem preferir algo mais doce tem vários moscatéis de Setúbal, da José Maria da Fonseca. Produtos escolhidos a dedo, para descomplicar.

 

Partilhar
Mapa da ficha ténica
Morada
Rua de Cedofeita, 241 (Porto)
Telefone
220191251
Horário
Das 10h às 20h. Encerra ao domingo.


GPS
Latitude : 39.3999
Longitude : -8.2245




Outros Artigos





Outros Conteúdos GMG





Send this to friend