Francisco Siopa: o novo bolo-rei de chocolate do chef “choco-dependente”

Não dispensa marisco, leitão e queijo na mesa de Natal, mas é com um novo bolo-rei de chocolate que Francisco Siopa, chef de pastelaria do Penha Longa, em Sintra, pretende adoçar a época festiva de um ano difícil.

Se há dia em que não come chocolate, fica com má disposição. “Sou fanático, choco-dependente. Sempre fui guloso. Quando me perguntavam o que queria de prenda, pedia sempre chocolate”, ri-se Francisco Siopa, chef-executivo de pastelaria do Penha Longa Resort, o cinco estrelas de Sintra onde está há três anos. O gosto pelos doces já vem de criança, ou não fosse ele o ajudante da tia, que o criou, nos Natais passados na Ericeira, na hora de fazer os tradicionais sonhos, rabanadas e arroz doce. “As memórias de infância são essas. Sou muito simples, sou aquele que gosta de tudo”, explica o chef, que trabalha o mundo do cacau há vários anos.

Hoje em dia, a época festiva comemora-se à mesa com “as três melhores coisas que se comem”: queijos, marisco e leitão. A estes juntam-se o vinho e, claro está, os doces. Com uma atividade que lhe exige muito esforço e dedicação, aproveita esta época para passar tempo de qualidade com a mulher e os três filhos. “Qualquer pessoa apaixonada pelo que faz, sacrifica algo em prol da profissão. O Natal é um momento que vale ouro por estar reunido com a família”, conta Siopa, que gosta de montar a árvore com os filhos e ir à missa do galo.

O chef-pasteleiro do Penha Longa Resort, em Sintra.

O novo bolo-rei de chocolate de Siopa.

Este ano, para adoçar o final de um ano conturbado, decidiu concretizar uma ideia antiga e criar um bolo-rei em homenagem ao cacau. “Há muitos bolos-rei à venda, o normal, o de maçã, de baunilha. Queria que um que fosse 100% de chocolate, não apenas de pepitas”. Este não leva açúcar e só vai buscar o doce ao chocolate e ao malte. Quanto à massa, não tem água e só leva manteiga e ovos, o que a torna mais leve e fofa, e fresca durante mais dias. Por dentro, leva sultanas, bagas goji e frutos secos torrados e por fora tem uma crosta crocante feita de avelã. Já a decoração, em tons de verde e vermelho, faz lembrar uma coroa de natal.

Com o preço de 35 euros, o bolo-rei pode ser encomendado pelo até 6 de janeiro através do e-mail [email protected]. As entregas ao domicílio em Cascais e Sintras são gratuitas e em Lisboa e Oeiras acrescem cinco euros. A criatividade não fica por aqui, até porque o chef pasteleiro, através da marca artesanal The Chocolate by Penha Longa, já está a preparar outras novidades fora-da-caixa, como bombons de insetos desidratados.

Partilhar
Mapa da ficha ténica
Morada
Estrada da Lagoa Azul, Sintra
Telefone
219249011
Custo
(€€€) Suítes Sintra e Cascais a partir de 950 euros/noite para dois adultos com pequeno- almoço.


GPS
Latitude : 38.7615463
Longitude : -9.397017399999982




Outros Artigos





Outros Conteúdos GMG





Send this to friend