Lisboa tem percursos literários inspirados em Eça e Pessoa

Rua dos Fanqueiros, na Baixa de Lisboa. (Fotografia: Jorge Amaral/GI)
Durante o mês de fevereiro a Câmara Municipal de Lisboa promove vários passeios literários inspirados em alguns dos grandes nomes da literatura portuguesa, como Pessoa, Camões e Saramago. Esta sexta-feira é a vez de seguir os passos de Cesário Verde.

A iniciativa visa aproximar o público de alguns dos mais icónicos autores da literatura portuguesa, dando a conhecer os espaços da capital que fizeram parte da sua vida e inspiraram a sua obra. Os percursos diferem de autor para autor e são compostos por locais mencionados ou frequentados por eles, apresentando o património arquitetónico, histórico e cultural da cidade pelos olhos destes escritores.

Já esta sexta-feira, dia 16, são os passos de Cesário Verde que vão ser recriados pelas ruas da capital. O escritor é considerado um dos pioneiros da poesia realista em Portugal. Em adulto trabalhou na loja de ferragens do pai, na rua dos Fanqueiros, e nos seus versos descrevia uma Lisboa de contrastes, focando-se nos bairros modernos onde se instalara a nova burguesia no século XIX.

Na próxima semana, dia 23, é Luís de Camões quem dá o mote para outro passeio literário, que tem início na praça de seu nome e termina no Pátio do Tronco. Fernando Pessoa é a figura que inspira o percurso do dia 27 de fevereiro. O Largo de São Carlos, onde nasceu, e o café Martinho da Arcada, um dos últimos sítios que frequentou, são alguns dos lugares a visitar.Está também prevista a repetição, ainda sem data marcada, do percurso que se realizou no passado dia 9, inspirado na cidade de Lisboa que José Saramago descreveu no Memorial do Convento.

Para participar nos passeios literários é preciso fazer marcação prévia através do e-mail lisboa.cultural@cm-lisboa.pt ou do telefone 218 170 900. Cada percurso tem a duração de duas horas e o custo de 3,69 euros por pessoa.

Leia também:

Há 8 razões para ser saudável no novo espaço de Lisboa
Jardins, largos e miradouros para namorar em Lisboa
10 espaços em Lisboa com comida para pegar e levar