Bazar de Natal diplomático propõe compras solidárias

O Bazar Diplomático, que acontece no Centro de Congressos de Lisboa durante sexta-feira e sábado, vai ter propostas originais e em conta para as compras de Natal, e com uma causa solidária.

Vinhos de várias regiões, azeites, cerâmica, vestuário ou produtos de cortiça serão alguns dos produtos expostos no stand português participante no Bazar Diplomático deste ano, que se realiza no Centro de Congressos de Lisboa, na Junqueira, dias 17 e 18 de novembro. Uma boa oportunidade para começar a fazer as compras de Natal, a pouco mais de um mês da abertura dos presentes.

O que distingue este mercado de Natal dos restantes que começam a abrir portas pelo país é o facto de vender produtos típicos de 41 países de todo o mundo, representados pelas respetivas embaixadas, a maioria delas em Lisboa. França terá o maior stand do mercado, por exemplo, com os seus reputados vinhos à venda.

Portugal faz-se representar com os expositores das regiões autónomas dos Açores e da Madeira e da Associação das Famílias dos Diplomatas Portugueses, que organiza o Bazar Diplomático. Outro dos atrativos promete ser a zona da restauração, com propostas de petiscos e snacks também típicos das várias nações.

Juntando o comércio a uma causa solidária, toda a verba angariada pelo Bazar Diplomático reverterá a favor de um conjunto de instituições que apoiam pessoas com dependência física grave. O ano passado foram angariados 90 mil euros, que permitiram ajudar 22 instituições. O evento, que conta com o alto patrocínio do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai funcionar das 11h00 às 19h00.

 

Leia também:

Os velhos palácios e as novas lojas da Rua da Junqueira
Uma praça em Lisboa para fazer compras, passear ou ler um livro
Wonderland: mercado de Natal de Lisboa vai duplicar de tamanho