A ver o comboio passar à janela, no Original Douro Hotel

Original Douro Hotel (Fotografia de Reinaldo Rodrigues/GI)
Um boutique hotel erguido mesmo ao lado da linha de comboio, no Peso da Régua, oferece poiso seguro para uma escapadinha no Douro, e pretexto para explorar a região sobre carris.

A proximidade da estação de comboios da Régua possibilita, não só uma cómoda viagem desde o Porto, como também pretexto para continuar o passeio sobre carris até ao Pocinho, e apreciar a paisagem feita de encostas recortadas em socalcos de vinhedos, emoldurada pela janela da carruagem, que desliza mesmo à face do rio Douro.

A linha passa mesmo nas traseiras do Original Douro Hotel, o que faz dele um poiso ideal para uma escapadinha na região: o próprio convida a deixar a pressa e as correrias do dia-a-dia à porta e a abraçar o ritmo indolente do vale. “Demore-se. Aprecia. Abrande! Está no Douro.”, lê-se ao entrar no elevador. A mensagem funciona também como apelo à paciência, face à lentidão do dito elevador, instalado de forma a preservar a construção original do edifício – onde chegou a funcionar o hotel mais antigo da região -, sob o custo da rapidez. O primeiro registo da casa é de 1880, e já em 1930 se fazia referência a ali existir um estabelecimento hoteleiro. “É um edifício histórico e por isso tentamos manter a estrutura original”, refere Alice Carneiro, a jovem empreendedora que transformou a casa devoluta num confortável hotel de charme com 18 quartos.

Original Douro Hotel (Fotografia de Reinaldo Rodrigues/GI)

 

Durante o projeto de reabilitação do prédio, o tabique e as vigas em madeira da estrutura inicial foram postos a descoberto, e fazem agora parte de uma decoração moderna e elegante, mas que preserva o passado. Essas “cicatrizes da história”, como lhes chama Alice, combinam harmoniosamente com as novas paredes em betão, mobiliário e azulejos de época e peças de decoração artesanais, feitas pela mãe da proprietária. As portas vermelhas da antiga pensão adornam agora a sala de pequenos-almoços, que dá acesso a um pequeno terraço junto à linha de comboio. O vaivém de locomotivas e carruagens é uma das atrações do hotel, que embora ofereça quartos com vista para o rio e para a cidade, é mais requisitado pela suíte debruçada sobre a via-férrea. Especialmente indicada para os amantes da cultura ferroviária, que da cama ou da pequena varanda – que dá acesso a uma ponte sobre a linha – conseguem observar o movimento diário de comboios que servem a entrada do Alto Douro Vinhateiro.

Algo está a fazer com que o sistema não consiga mostrar a ficha ténica desejada. Pedimos desculpa pelo incómodo.




Outros Artigos





Outros Conteúdos GMG





Send this to friend