Lisboa: A fraca ou nula iluminação de praças e edifícios

tiago guilherme terreiro do paço praça do comércio
A capital portuguesa tem a sua principal praça praticamente às escuras e o seu monumento mais visitado, o Castelo de São Jorge, com três torres sem iluminação há anos.

Passear pelo centro da cidade de Lisboa à noite é em várias zonas uma desolação… E já nem é por estar deserta. O turismo de massas que temos recebido tem disfarçado a falta de lisboetas que percorrem as ruas da Baixa, Alfama, Chiado e Avenida depois das 20h00. Tento muitas vezes contrariar este absentismo dos moradores da Grande Lisboa com o seu centro. É devastador…

O Rossio está muitas vezes sujo, com separadores partidos, carros e carrinhas em cima do passeio em frente ao Teatro D. Maria II. A Rua Augusta, cheia de «restaurantes» de baixíssima qualidade, tem fios (sabe-se lá de quê) a atravessá-la como acontece nos países do terceiro mundo. Para piorar, de 50 em 50 metros há grupos de gente mal encarada e com péssimo aspeto que tenta vender falsa droga chateando constantemente quem passa.

Chega-se ao Terreiro do Paço, principal praça do país, a desolação é ainda maior. Ao contrário do que acontece nas cidades civilizadas da Europa, as fachadas da Praça do Comércio (para usar o nome dado por Marquês de Pombal) estão totalmente às escuras. Iluminado está o Arco da Rua Augusta e, mas nem sempre, a estátua de D. José I. Nem as fachadas pintadas de amarelo nos anos 1990 nem os torreões já perto do rio Tejo são iluminadas.

E, se olharmos para cima, seja do Terreiro do Paço, da Praça da Figueira ou do Martim Moniz vemos outro total desleixo: três torres do Castelo de São Jorge às escuras. Algo impensável acontecer na Acrópole de Atenas, no castelo de Praga, na Torre Eiffel de Paris ou no Atomium de Bruxelas. E Lisboa é uma cidade turística… o que seria se não fosse…

Leia também:

Pousada de Lisboa: Dormir no antigo escritório de Oliveira Salazar
10 restaurantes para celebrar a Baixa pombalina
Lisboa: Cozinha de conforto na nova carta do Rossio