Voar sobre arribas, areais e mar em parapente

A faixa costeira de Almada, Sesimbra e Setúbal é a protagonista dos batismos de voo da Parapente Portugal (Fotografia: DR)
Há uma década que a Parapente Portugal faz batismos de voo desta modalidade, que traz vistas ímpares sobre o mar e os areais da Fonte da Telha, serra da Arrábida, Meco e Sesimbra, o ano todo.

A faixa costeira que se estende ao longo dos concelhos de Almada, Sesimbra e Setúbal é a protagonista dos batismos de voo da Parapente Portugal, empresa criada por Fernando Brito há 11 anos e que conjuga esta experiência lúdica com escola de pilotos. Foi há duas décadas e meia que Fernando fez o primeiro curso de piloto e nunca mais parou, seguindo-se formações e especializações aquém e além-fronteiras. “É uma experiência incrível voar e ver o mundo de forma diferente dos outros humanos. É como estarmos sentados num banco com esta vista privilegiada.”

Ao longo de todo o ano, os voos em parapente (a partir dos 65 euros, para 15 minutos), fazem-se acompanhados de um piloto experiente – não sendo necessário o viajante levar qualquer equipamento de antemão – e o local de descolagem e aterragem mudam conforme a direção do vento, sendo esta confirmada mais perto da data da reserva.

Entre os locais usados pela Parapente Portugal, sediada na Costa da Caparica, está a Paisagem Protegida da Arriba Fóssil, na Fonte da Telha, as falésias da praia das Bicas, no Meco, e da praia da Califórnia, em Sesimbra, além dos saltos feitos na serra da Arrábida, junto à praia do Creiro. Consoante o tempo, a aterragem é feita no local de descolagem ou nos próprios areais.

(Fotografia: DR)

A experiência pode atingir os 300 metros de altura e a duração oscila entre os 15 e os 30 minutos. Não existe limite etário, mas sim de peso – mínimo 15 e máximo 110 quilos. As crianças podem fazer o batismo de voo com autorização de um adulto. Transversal é o feedback que Fernando Brito recebe a nível contínuo ao longo da última década de voos: “Toda a gente sai com um sorriso nos lábios”.

Algo está a fazer com que o sistema não consiga mostrar a ficha ténica desejada. Pedimos desculpa pelo incómodo.

 




Outros Artigos





Outros Conteúdos GMG





Send this to friend