Viagem ao tempo dos dinossauros ao passo de caminhada

viagem aqo tempo dos dinossauros ao passo de caminhada
Há um circuito pedagógico, onde, além da observação dos trilhos, se pode aprender sobre a história da Terra.
No coração do Parque Natural de Serra de Aire e Candeeiros, nos municípios de Ourém e Torres Novas, o Monumento Natural das Pegadas de Dinossáuros é um local único no mundo.

A exuberância dos aromas do alecrim, tomilho e açafrão não condiz com o despojamento desta paisagem, situada no extremo oriental do Parque Natural da Serra de Aire e Candeeiros, bem próxima da localidade do Bairro e a apenas a 10 quilómetros do santuário de Fátima. Parece no entanto muito mais distante de tudo, no espaço e no tempo, esta clareira, onde em tempos funcionou uma pedreira. Foi durante algumas escavações de rotina que, acidentalmente, foi descoberto um importantíssimo registo icnofóssil do período Jurássico, incluindo as pegadas de alguns dos maiores seres que alguma vez povoaram o planeta: os dinossáurios saurópodes, animais com cerca de 20 metros comprimento e até 50 toneladas de peso.

Ao todo, podem observados 20 trilhos (ou pistas), entre os quais o mais longo do mundo de que há registo, com 147 metros de comprimento, que ficaram conservados na laje calcária desde há 175 milhões de anos, quando toda esta região era um imenso pântano.

A abertura ao público, já com a classificação de Monumento Natural, aconteceu há precisamente 20 anos, tendo sido criado um circuito pedagógico, onde, além da observação dos trilhos, os visitantes podem aprender mais um pouco sobre a história da Terra, através de diversos painéis informativos e leitores de paisagem dispostos ao longo do percurso. Em alternativa, pode-se também optar por uma visita mais rápida, através de um circuito mais curto que, para além da laje principal, também possibilita a visita ao Jardim Jurássico. É logo ali, um passo pequeno para o visitante, ainda menor para os seres que aqui viveram há milhões de anos.

O Monumento Natural das Pegadas de Dinossauros está aberto de terça a domingo, incluindo feriados. Após adquirir o bilhete na receção, os visitantes são convidados a ver um filme explicativo com pouco mais de 15 minutos, seguindo depois, de forma autónoma, pelo percurso que conduz à laje onde se encontram as pegadas fossilizadas. Quem pretender uma visita guiada deve contactar antecipadamente os serviços do parque.

A cerca de 15 quilómetros das Pegadas de Dinossáurios, estas grutas, com 11 quilómetros de extensão, são as maiores do país e um dos grandes símbolos do Parque Natural de Serra de Aire e Candeeiros

icnf.pt
pegadasdedinossaurios.org

AGENDA:

Caminhar e Meditar na Peninha, Sintra
8 de outubro
A “terapeuta da alma” Marta Davies Mertens é a guia desta caminhada sensorial pelos bosques da serra de Sintra, contornando a serra pelo lado do mar, para poder apreciar a vista desde o cabo da Roca até à Costa da Caparica, sempre em direção à Peninha. Aí chegados, haverá uma sessão de meditação, em comunhão coma natureza e os elementos.
greentrekker.pt

Meia Maratona Internacional Badajoz/Elvas
15 de outubro
Há muito uma tradição no calendário de atletismo do Alto Alentejo, esta prova volta a unir as cidades fronteiriças de Badajoz e de Elvas, num percurso de meia-maratona – pouco mais de 21 quilómetros. A partida está marcada para as 9h30 (hora portuguesa), na Avenida de Huelva, na cidade espanhola, e termina do outro lado da fronteira, no Estádio Municipal de Atletismo de Elvas.
aadp.pt

Penha Music Trail, Guimarães
15 de outubro
A cidade de Guimarães recebe a segunda edição desta prova, que mescla um percurso urbano com os trilhos em redor da cidade. O programa inclui três distâncias, de 25, 18 e 10 quilómetros, todas com partida junto ao icónico edifício da Plataforma das Artes e depois de percorrer grande parte do centro histórico, percorre ainda o Parque da Cidade, antes de subir até ao Monte da Penha, a mais de 600 metros de altitude.
penhatrail.pt

 

Veja também:

8 esplanadas no Porto para visitar na companhia do seu cão
O seu cão é bem-vindo nestes 8 restaurantes em Lisboa
Oktoberfest à portuguesa: cervejas no Campo Pequeno