O restaurante de Estarreja que trata a carne nas palminhas

No Xixas, os petiscos tradicionais misturam-se com outras influências de Pedro e Maribel, que quiseram criar no centro da cidade uma taberna contemporânea com pratos invulgares, ambiente familiar e cozinha sempre aberta. E boa carne, como o nome indica.

O pão é servido em marmitas antigas, as batatas fritas em canecas de alumínio, os pratos chegam à mesa em tábuas de madeira, as sobremesas em boiões de vidro. O menu em ponto grande está estampado numa parede. Há petiscos como alheira de cogumelos, amêijoas, calamares com molho tártaro, cogumelo Portobello recheado com tomate e bacon. Há tábuas de enchidos e queijos e sortido de patês. Há hambúrgueres servidos em bolo do caco que ora fica rosa com beterraba, ora fica amarelo com caril. Há também bruschette de sardinha, de filete cavala, de bacalhau assado.

A aventura de Pedro Fonseca e Maribel Pinho começou em julho do ano passado, quando o casal decidiu abrir o restaurante na praça central de Estarreja. Conheceram-se na faculdade. Ele estudava Gestão Hoteleira, ela Turismo. Ele andou cinco anos em cruzeiros, ela trabalhou numa agência de viagens. Depois, surgiu o Xixas. Ele fez questão de honrar a alcunha que o avô lhe deu quando era pequeno, o Xixas da família.

Ela chamou o pai para dar uma mãozinha na decoração do espaço. Pintaram cadeiras de cores alegres, colaram papel de parede, aproveitaram paletes de madeira para revestir o balcão, fazer bancos, construir prateleiras. E abriram a porta com um conceito na cabeça. «Apresentar uma oferta diferente da que havia em Estarreja em termos de espaço, decoração e pratos», explica Pedro. Xixas é nome que assenta bem num restaurante que trata a carne nas palminhas. Bife da vazia, bife de alcatra, medalhão de porco com chutney de maçã, bife de frango com molho de mel, mostarda e limão são alguns exemplos. «As combinações que fazemos fogem ao tradicional», garante o chef Pedro. Há até um Xixa Burguer, servido em bolo do caco de beterraba. Há também pratos de peixe: bacalhau com broa, bacalhau recheado com presunto, atum com crosta de sementes de sésamo.

Pedro está habitualmente na cozinha ou ao balcão, Maribel olha pela sala e é ela quem leva à mesa petiscos como o cocktail de polvo ou a bruschetta de salmão dando liberdade aos clientes para escolher acompanhamentos diferentes. Na sobremesa, há iogurte grego com leite condensado cozido em banho-maria no forno e com molho de frutos vermelhos por cima. No menu, cabem ainda diárias com sopa, prato de peixe ou carne, bebida, sobremesa, e café por 7 euros. No resto do dia, a cozinha está sempre aberta, para servir pregos, francesinhas e outros petiscos, com vinho a copo.

Partilhar
Partilhar
Mapa da ficha ténica
Morada
Praça Francisco Barbosa, 47, Estarreja
Telefone
234041001
Horário
Das 10h00 às 00h00. Sexta e sábado até às 02h00. Encerra à segunda.
Custo
(€) Preço médio: 11 euros


GPS
Latitude : 40.7529458
Longitude : -8.570257900000001

Veja também:

Carnaval é pretexto para passeio em Estarreja
Aveiro: Arte e hambúrgueres num só restaurante
Aveiro: Uma revolução dos produtos tradicionais trouxe novos sabores



CONTEÚDO PATROCINADO