Comparar: Areeiro em construção nos anos 1940

O bairro lisboeta - e a sua maior praça - foram projetados em 1938 pelo arquiteto Faria da Costa e executado em duas fases: 1940 e 1948.

Como era a atual Praça Francisco Sá Carneiro em 1949? A imagem, a preto e branco, é do arquivo do Diário de Notícias e mostra o local, que fez parte do plano de expansão da cidade há mais de cinquenta anos. Nela, pode observar-se, por exemplo, uma antiga carrinha do colégio, um meio de transporte do Colégio Paula Vicente, mas também um autocarro da Carris de modelo Regal, com 28 lugares e destino à Estrela. Toda a praça obedecia aos padrões do denominado estilo português suave ou nacionalista do Estado Novo e foi projetada pelo arquiteto Faria da Costa.

Mais à direita, na imagem, veem-se as torres monumentais, cujos torreões de inspiração medieval tinham a nau de Lisboa. Ali em frente seria construído, em 1991, o monumento de homenagem a Francisco Sá Carneiro. O fundador do PPD-PSD tornou-se primeiro-ministro em 1980 e morreu no exercício do cargo, na sequência da queda de um avião em Camarate. O monumento que lhe foi dedicado em 1991 é da autoria do escultor Domingos Soares Branco.



CONTEÚDO PATROCINADO