Do Porto a Santiago: a última etapa, entre Padrón e Santiago de Compostela (26 kms)

Os alemães Andre e Aneta Dziabel, com a cadela Ginny, acabados de chegar à Catedral de Santiago. Fotografia: Leonel de Castro/GI
É de coração cheio que se alcança o túmulo do apóstolo, vencida a etapa mais curta. Na Catedral de Santiago cumprem-se os ritos de peregrinação e, a 150 metros, dorme-se num convento do século XVIII. Eis a sexta - e última - etapa de um roteiro que vai do Porto a Santiago de Compostela, na Galiza.

É a etapa mais breve. Indo de bicicleta, chega-se a Santiago de Compostela a tempo de assistir à missa do peregrino, às 12h00. Entre os ritos de peregrinação que se mantêm, estão o abraço à estátua do apóstolo e a visita à sua tumba, debaixo do altar. A Praça do Obradoiro, diante da CATEDRAL, é toda alegria e emoção. Nem a chuva afasta os peregrinos, que se abraçam e tiram fotografias diante do templo.

A Praça do Obradoiro, em frente à Catedral, é cheia de alegria e emoção.
Fotografia: Leonel de Castro/GI

Carmen María Arija integra um grupo de espanhóis vindos de Palencia, acabados de cumprir o Caminho Francês de bicicleta – seis dias a pedalar, em média, 75 quilómetros por dia, com chuva e frio. Carolina Mercuri, ciclista argentina, também veio de bicicleta pela mesma rota, mas desde Pamplona. Foram 700 quilómetros percorridos em 11 dias, «mais como meditação», não num sentido religioso. Soube do caminho através de um livro de Paulo Coelho, há anos. «Vi que existia e tive de fazer.»

Muitos peregrinos rumam também à TABERNA DO BISPO, bar e casa de tapas bem próximo, com uma vitrina recheada de mariscos e outras delícias. É um espaço confortável e de tons quentes, mas os maiores trunfos chegam em pratinhos: vieiras, cogumelos ou queijo envolto em amêndoa com molho de mirtilo (um best-seller), a acompanhar com vinhos, cervejas e demais bebidas.

N’ A Taberna do Bispo há uma diversidade de tapas.
Fotografia: Leonel de Castro/GI

Proposta diferente tem o restaurante do SAN FRANCISCO HOTEL MONUMENTO, inserido num convento franciscano do séc. XVIII, a 150 metros da Catedral de Santiago. A cozinha, dirigida pela chef Rosa Sanmartín, recupera receitas de diferentes conventos espanhóis. É o caso do huevo encapotado del convento (do Convento de São Francisco) ou do bacalao benedictino (das Madres Benedictinas del Monasterio de San José, em San Pedro de la Fuente, Burgos). Todas as semanas há um novo menu, por 20 euros, que inclui entrada, prato principal, sobremesa, água e pão.

As refeições decorrem na sala «De Profundis», porque era esse o salmo da Bíblia que os frades entoavam enquanto esperavam uns pelos outros para entrar, em procissão, no «Comedor Monumental» (antigo refeitório), que é contíguo. O Convento de São Francisco, cujas origens remontam a 1214, continua a ser habitado por alguns frades franciscanos, que têm zonas privadas. «É muito comum vê-los por aqui», comenta María Gómez, assessora de eventos do hotel, que tem ao lado a Igreja de São Francisco. É por ela que se acede ao Museu da Terra Santa.

O «Comedor Monumental» do San Francisco Hotel Monumento.
Fotografia: Leonel de Castro/GI

O San Francisco Hotel Monumento, que abriu em 2005, após obras de remodelação, tem dois claustros: o Claustro da Fonte, ajardinado e com uma fonte do século XVI ao centro; e o Pátio de Cristal, que é coberto e acolhe variados eventos. Há ainda a cafetaria Orfeón, onde ensaiavam os jovens do Orfeón Terra A Nosa, uma aposta do Padre Feijóo, responsável por vários cânticos litúrgicos em galego; e o auditório Carlos V, onde, em 1520, D. Carlos V reuniu as Cortes de Castela.

É um quatro estrelas com 82 quartos, decorados em consonância com aquele edifício histórico. As colchas, por exemplo, são castanhas, como os hábitos franciscanos. Os hóspedes dispõem de piscina climatizada, serviço de massagens, garagem para bicicletas e outras comodidades. Cada vez há mais peregrinos a ficar neste lugar tranquilo, com três hectares de zonas verdes, bem no coração da cidade. Uma bênção.

Morada
Santiago de Compostela, Espanha
Horário
Das 09h00 às 20h00. Não encerra.


GPS
Latitude : 42.88059620000001
Longitude : -8.544641200000001
Partilhar
Mapa da ficha ténica Mapa da ficha ténica
Partilhar
Morada
Rúa do Franco, 37-B, Santiago de Compostela, Espanha
Telefone
+34 981586045
Custo
(€) Preço médio: 17,50 euros
Horário
Das 11h00 às 00h00 (sexta e sábado, até às 00h30). Não encerra.


GPS
Latitude : 42.87812307274214
Longitude : -8.545289442327885
Partilhar
Mapa da ficha ténica Mapa da ficha ténica
Morada
Campillo de San Francisco, 3, Santiago de Compostela, Espanha
Telefone
+34 981581634


GPS
Latitude : 42.8830065
Longitude : -8.545429300000023
Partilhar
Mapa da ficha ténica Mapa da ficha ténica

Leia também:

Do Porto a Santiago: o primeiro roteiro, de Porto a Barcelos (56 km)
Do Porto a Santiago: a segunda etapa, entre Barcelos e Ponte de Lima (33 kms)
Do Porto a Santiago: a terceira etapa, entre Ponte de Lima e Tui (38 kms)

 




Outros Artigos





Outros Conteúdos GMG





Send this to friend