Voltar ao século XVIII no largo do Palácio de Queluz

De 14 a 17 de setembro, a Feira Setecentista vai recriar o ambiente vivido nos tempos áureos do palácio, mandado construir por D. Pedro III. Entre artesanato e gastronomia são esperados mais de 100 vendedores.

A área em frente ao Palácio de Queluz transforma-se já esta quinta-feira para dar lugar à Feira Setecentista. O evento de entrada livre vai aí fixar-se até domingo para dar a conhecer aos visitantes o ambiente vivido na inicial residência de verão da família real portuguesa e, mais tarde, permanente, antes da fuga para o Brasil.

Organizada pela Câmara dos Ofícios, a feira vai recriar o século XVIII através de danças, de música e malabarismos e figurantes, a trajar a roupa e com os penteados da época. Além da diversão, haverá ainda espaços dedicados à gastronomia e artesanato e 130 vendedores nacionais e vindos de fora, para mostrar os sabores que, à época, eram característicos das suas regiões.

Já no interior do Palácio de Queluz vai ser possível entrar, à noite, a partir de 27 de setembro. É que o monumento recebe as Noites em Queluz, sete concertos de música clássica que irão acontecer em diferentes salas, até ao final de outubro.

 

Feira Setecentista de Queluz
14 e 15 de setembro, das 17h00 às 00h00. Até 17, das 13h00 às 00h00.

 

Leia também:

Conheça as cidades mais populares no instagram em Portugal
As lojas históricas de Lisboa revelam-se numa exposição
Saiba tudo o que abriu durante o verão na Grande Lisboa