Melhor ‘barman’ português volta a ser do Porto

Daniel Carvalho, do The Royal Cocktail Club, foi o vencedor de 2017 do prémio Barman do Ano. O galardão é entregue pela segunda vez a alguém que trabalha na Invicta.

O prémio de Barman do Ano voltou a ser recebido pelas mãos da Invicta, como aconteceu em 2015. Daniel Carvalho, de 38 anos, foi eleito o melhor barman português de 2017, na quarta edição da cerimónia anual, que decorreu esta segunda-feira no Espelho d’Água, em Lisboa.

O vencedor, que é o head bartender no The Royal Cocktail Club, um dos novos bares do Porto, conquistou o leque de jurados com uma prova de 10 minutos onde apresentou o seu cocktail Esmeralda, inspirado nos Descobrimentos e com uma mistura de Licor Beirão d’Honra, Vinho do Porto Tawny Reserva da Poças, Rum William Hinton e gengibre.

A concurso estavam ainda dois outros participantes, Hélder Rodrigues, da Tasca de Santana, em Coimbra, e Jeferson Santos, do Taste Carvoeiro, no Algarve. Para além do título de Barman do Ano, Daniel Carvalho recebeu um prémio monetário de mil euros e um conjunto de utensílios para bar.

Em 2016, o galardão foi para o Algarve, entregue a Jaime Montgomery, do Restaurante Bovino, na Quinta do Lago, Almancil. Um ano antes, na edição de 2015, o vencedor foi Carlos Santiago, que curiosamente trabalha atualmente no The Royal Cocktail Club, o mesmo bar do eleito de 2017. No primeiro ano, em 2014, o prémio foi para Wilson Pires, do Conrad Algarve.

O júri é composto por Joaquim Lopes (Associação Barmen de Portugal), Francisco Guerreiro (Associação Barman Barlavento), Dave Palethorpe (Cinco Lounge), Pedro Paulo (The Lobby Bar) e Paulo Pinto (Instituto dos Vinhos do Douro e Porto).

 

 

Leia também:

Os novos cocktails do Glory são para (não) guardar segredo
Bar de cantor dos D.A.M.A. é saudável e tem cocktails
Lisboa tem um novo Topo com petiscos e cocktails