Hotel que ardeu na Madeira reembolsa clientes

O Choupana Hills Resort foi destruído pelas chamas que estão a devastar a região. Até ao momento ainda não foi possível avaliar os prejuízos.

No topo de uma colina, com vista para o centro do Funchal, mas totalmente rodeado por natureza, o Choupana Hills era das jóias mais emblemáticas do mercado hoteleiro madeirense. Ardeu esta terça-feira, depois de ser atingido pelas chamas dos incêndios, que já provocaram três mortos e mais de mil deslocados na ilha.

Apesar de ainda não ter sido possível avaliar os prejuízos, a gestão do hotel já accionou todos os seguros  e acaba de assegurar o reembolso a todos os clientes com reservas confirmadas, pedindo que contactem os seus agentes de viagem.

Do hotel fica, para já, a memória de um refúgio de luxo, com 62 quartos, espalhados por bungalows de madeira, em plena floresta. A propriedade de 17 hectares localizava-se junto ao Jardim Botânico e foi concebida pelos arquitetos Michel de Camaret e Didier Lefort, que desenhou e decorou o Hotel Meridien, em Bora Bora, e o Datai, na Malásia.