Há 50 novas bicicletas partilhadas para passear em Cascais

A partir de agora vai ser mais fácil percorrer as ruas da vila de Cascais. Não a pé, mas a pedalar, numa das 50 bicicletas da ofo, uma empresa chinesa líder mundial no mercado de bicicletas partilhadas sem estações fixas de estacionamento, que se estreia agora em Portugal.

O mercado, os restaurantes, as geladarias e os hotéis da vila de Cascais estão agora mais próximos no tempo e no espaço, pelo menos para quem usar as novas 50 bicicletas da ofo, uma plataforma de bicicletas partilhadas sem estação fixa de estacionamento, sediada na China, que escolheu o nosso país como o 17º mercado a implementar-se.

O serviço, disponível para já dentro do perímetro da vila, promete dar «flexibilidade e comodidade» aos percursos urbanos, tirando partido dos 70 quilómetros de ciclovia que já existem no município. O mercado turístico, por seu lado, é outro dos alvos da ofo, tendo em conta que Cascais é visitada anualmente por mais de meio milhão de estrangeiros.

A plataforma é fácil de usar: depois de descarregar a aplicação móvel (disponível em iOS e Android), os utilizadores podem fazer a leitura do código QR disponível em cada bicicleta para receber uma password para desbloquear a bicicleta. Ao chegar ao destino, basta estacionar a bicicleta em qualquer área legalmente autorizada, terminar o percurso na aplicação e bloquear a bicicleta, até o próximo utilizar fazer o mesmo processo.

O objetivo da ofo, em conjunto com a Câmara Municipal de Cascais, é expandir em breve a rede de bicicletas e, conforme seja vontade de outros municípios, alargar a plataforma a outras cidades do país, contribuindo para modos de deslocação suaves e amigos do ambiente.

Com mais de 10 milhões de bicicletas em 181 cidades do mundo e mais de 200 milhões de utilizadores, a ofo, start-up chinesa criada em 2014, é a primeira plataforma com um serviço de bicicletas partilhadas sem que seja necessário estacioná-las em estações fixas. Realiza 30 milhões de viagens por dia, somando até hoje já 4 mil milhões de percursos, revelou em comunicado.

 

Leia também:

Cascais: 8 restaurantes para ir a uns passos do mar
Comida de Goa cheia de especiarias na linha de Cascais
Uma moderna tasquinha portuguesa na Linha de Cascais