Tomar volta à Época Medieval com Festa Templária

Começa na quinta-feira, 5, a Festa Templária que transporta todo o centro histórico da cidade para a Idade Medieval. A entrada é livre.

Começa na próxima quinta-feira, 5 de julho, a Festa Templária que transporta todo o centro histórico da cidade para a Idade Medieval. Cavaleiros templários, artesãos, mercadores, saltimbancos, malabaristas e outros personagens vão percorrer as ruas. Danças medievais, feira de artesanato e petiscos de época também não vão faltar.

Um dos pontos altos da festa é a recriação do cerco ao Castelo Templário, que hoje na quinta-feira às 23h00. O episódio remete para o ano de 1190 quando, a 13 de julho, 900 guerreiros muçulmanos comandados pelo rei de Marrocos se lançaram num cerco ao Castelo Templário de Tomar. A batalha arrastou-se por seis dias até que as forças portuguesas, compostas por (apenas) 200 cavaleiros liderados por Gualdim Pais, puseram fim ao cerco.

O Cortejo Noturno, que decorre no sábado, dia 7 de julho, às 22h00 e ainda o jantar real no Convento de Cristo, marcado para sexta-feira, prometem atrair também as atenções dos visitantes. Para participar no jantar, que custa 30 euros por pessoa e 20 euros para crianças até aos 9 anos, é necessário comprar bilhete no posto de turismo municipal.

A entrada no evento, que decorre de 5 a 8 de julho, é gratuita, sendo paga a assistência à recriação história do cerco ao castelo (2 euros) e o jantar real (30 euros por adulto e 20 euros para crianças até aos 9 anos).

Leia também:

Ruínas do Carmo recebem espetáculo multimédia
Crítica de Fernando Melo: restaurante A Lúria, Tomar
Um convento que é hotel de charme e mostra uma região