A época da lampreia chegou ao Vale do Minho

Até 15 de abril há lampreia do rio Minho para comer em Monção. A especialidade vai estar em destaque nos menus de 19 restaurantes do centro histórico mas o ponto alto do programa decorre a 25 de fevereiro, com o habitual Rali à Lampreia.

Durante os próximos três meses os municípios do Vale do Minho (Melgaço, Monção, Valença, Paredes de Coura, Vila Nova de Cerveira e Caminha) participam na nona edição da iniciativa gastronómica “Lampreia do Rio Minho – Um Prato de Excelência”, que promete uma ementa dedicada aos pratos típicos em que o ingrediente principal é a lampreia.

Em Monção são 19 os restaurantes aderentes, localizados no centro histórico da localidade e em várias freguesias do concelho. No menu constam várias especialidades tradicionais como o arroz de lampreia ou a lampreia à bordalesa, mas também opções mais contemporâneas, como é o caso do sushi, o escabeche ou a empanada.

Para acompanhar, não faltam também os vinhos da região, com destaque para a casta alvarinho, e a doçaria tradicional, como as barriguinhas de freira, as roscas ou os papudos.

O ponto alto da iniciativa decorre no dia 25 de fevereiro, domingo, com a realização do 41º Rali à Lampreia, a já histórica prova de perícia automóvel que atrai centenas de pessoas à Praça Deu-la-Deu Martins, no centro histórico da vila.

Leia também:

Nesta pastelaria de Benfica há sempre croissants quentes
A primeira loja Eugénio Campos abriu no Porto
Roteiro na vila mais a norte do país. Com lampreia e não só