Refrescar no Douro entre braçadas e um branco fresco

Junto à longa piscina exterior da Quinta da Barroca, em Armamar, refresca-se de várias formas e assiste-se a um por do sol ímpar. Veja as imagens na fotogaleria.

Quer seja entre braçadas, ou com uma copo de vinho branco da casa na mão, fugir ao calor é verbo de eleição quando se fala em Quinta da Barroca. Principalmente no terraço panorâmico onde está uma longa piscina rodeada de espreguiçadeiras, as serras de Marão, Alvão e Montemuro e hectares de vinhas a perder de vista.

A estância de agroturismo de Armamar, a dez minutos de Lamego, fica no coração do Alto Douro Vinhateiro e imagens como esta ajudam a perceber porque a UNESCO classificou esta região como Património Mundial. A quinta soma já 30 anos, tantos quantas as suas villas, para duas a quatro pessoas, que foram recentemente renovadas.

Para além de pomar e horta, existem ainda cinco hectares de vinhas, das quais se produz branco e porto. Que pode ser comprado e provado no restaurante e nos dois bares da Barroca. Antes ou depois de um mergulho. No que toca ao restaurante, as cozinhas beirã, duriense e transmontana temperam o Origens, restaurante da Barroca. Cabritinho em forno de lenha e bochechas de porco em vinho tinto e puré de alheira são especialidades.

 

Partilhar
Mapa da ficha ténica
Morada
Queimada (Armamar)
Telefone
254850850
Custo
() Villas (T0) a partir de 76 euros por noite


GPS
Latitude : 41.10521944419079
Longitude : -7.733081612659589

 

Leia também:

Esta quinta do Douro já recebeu um Rolling Stone e Harrison Ford
11 quintas do Douro onde se come (e bebe) bem
El País: Douro entre as melhores viagens por estrada do mundo




Outros Artigos





Outros Conteúdos GMG





Send this to friend