Passagem de ano em casa: o que jogar com amigos?

Há para todos os gostos e feitios: o que não falta é sugestões de jogos de tabuleiro, e não só, para se divertir entre amigos ou com a sua família numa passagem de ano em casa.

Há quem diga que jogar às cartas é como falar sobre o tempo, uma espécie de não programa que se faz quando não se tem mais nada para fazer. O mesmo dos jogos de tabuleiro. Mil vezes mentira. Quem é que nunca passou grandes noites a jogar sueca, póquer, Monopólio ou Uno? Meio mundo, com certeza, se bem que há todo um outro mundo para além destes jogos, sobretudo no que aos de tabuleiro diz respeito.

A Casa de Sonho, por exemplo, para quem optar por uma noitada mais calma (até quatro jogadores), Passa o Desenho, passível de ser jogado por oito pessoas – tal como Spyfall, jogo de espiões – ou ainda Código Secreto, até 12 pessoas. É impossível ter 12 pessoas (a jogar) em casa e não fazer disso uma festa. Sugestões de Bruno Monteiro, um dos responsáveis pelo bar Pow How, em Telheiras – precisamente especializado em jogos de tabuleiro.

Sim, há bares especializados em jogos de tabuleiro. E desenganem-se aqueles que pensam que é coisa de crianças. Vale a pena passar por lá um qualquer dia da semana entre as 14h00 e as 02h00 (menos às segundas) para descobrir a sua vasta coleção.

Por falar em crianças… A Majora, marca lusa criada em 1939 que está ligada à infância de tantos portugueses – Jogo da Glória, Loto, O Sabichão, Volta a Portugal em Bicicleta, Rally Automóvel ou Corridas de Cavalos são apenas alguns deles – acaba de lançar o STOP! Sim, esse, o jogo de palavras. É pela primeira vez editado em tabuleiro. Depois de começar a jogar, o mais difícil é mesmo parar.

 

Leia também:

Atari Baby: comida japonesa, karaoke e videojogos em Lisboa
Estrelas Michelin (e não só) no El Corte Inglés de Lisboa
Tapisco: Petiscos de Sá Pessoa chegam ao Porto em 2018