Furadouro: este eco-hotel está a dois passos do mar

É um ecohotel de quatro estrelas, com 24 quartos duplos e três suítes, spa com luz natural, ginásio e restaurante. A praia fica do outro lado da rua, mesmo a pedir um mergulho.

Atravessa-se a estrada, pés na areia, olhos no mar. Num piscar de olhos, um ou dois minutos, no máximo. Se a paisagem tem luminosidade quanto baste, um oceano que se perde no horizonte e toca no céu, areia para esticar a toalha e bronzear o corpo, aquele cheiro inconfundível a maresia, não faria qualquer sentido desperdiçar o cenário. Hotel frente ao mar, hotel abençoado por natureza.

Andaime a andaime, a construção nunca esqueceu os privilégios geográficos. O desenho foi riscado com a paisagem na ponta dos dedos. Quartos luminosos e modernos, alguns com banheira de hidromassagem. Janelas que são paredes de vidro. Varandas com vista de mar. São 24 quartos e três suítes.

Luísa Dantas, proprietária do hotel, destaca o que chama «um triângulo de natureza intensa.» A praia do outro lado da estrada e que vai resistindo à erosão costeira. Uma floresta imensa que liga o Furadouro e Esmoriz, a Ecopista do Atlântico com 10 quilómetros para cada lado sempre paralela à costa, para fazer a pé ou de bicicleta – ou de carro pela estrada da mata – a dois passos dali. E ainda ria de Aveiro a quatro quilómetros de distância. É esse o triângulo.

Luísa Dantas valoriza essas proximidades e a tranquilidade que o hotel proporciona e que sente na pele quando deixa o Porto, onde vive, em direção a sul, ao hotel na praia do Furadouro. «É um hotel intimista, para quem quer descansar, e também procurado por casais que querem programas românticos«, continua. «Ideal para quem gosta da natureza, quer relaxar, dar uma caminhada ou andar de bicicleta».

Os clientes são recebidos com um cocktail de boas-vindas. «Tentamos surpreendê-los quando chegam.» Os compartimentos têm design moderno, mobília de madeira de carvalho, decoração leve a condizer com um espírito balnear descontraído. Muitas paredes têm fotografias a preto e branco de vários locais do Furadouro e de Ovar. Barcos, praias, paisagens. Cantos e recantos. «Tratamos o cliente pelo nome, sugerimos itinerários turísticos, apostamos num acompanhamento muito próximo, muito personalizado», adianta.

Como eco-hotel, o Furadouro Beach & Spa é respeitador das boas práticas ambientais, com três pisos, ginásio e piscina interior aquecida. Saunas secas e húmidas, camas aquecidas, cromoterapia, spa com luz natural. No piso de entrada, ao nível da estrada, está a receção, ao lado o bar e ao fundo o restaurante. O bar tem uma vasta seleção de chás de vários pontos do mundo e que serve scones e canapés. O restaurante prima pela cozinha de sabores mediterrâneos com produtos regionais frescos. O almoço menu executivo, a 12,5 euros por pessoa, tem sugestões dia a dia, o jantar é à carta. Há carpaccio de tamboril e magret de pato coroado em risoto e molho de citrinos neste hotel que tem praia no nome e do outro lado da estrada.


ATIVIDADES

O hotel tem ligações a operadores turísticos e organiza sessões de surf e de kite-surf. Também é possível andar de BIAS, Bicicletas Públicas de Uso Partilhado do Concelho de Ovar, disponibilizadas gratuitamente. Estão estacionadas ao lado do hotel, no Posto de Turismo do Furadouro.

 

Partilhar
Mapa da ficha ténica
Morada
Av. Infante D. Henrique, 734, Furadouro
Telefone
256590090
Custo
() Quarto duplo desde 87 euros por noite


GPS
Latitude : 40.8753707
Longitude : -8.67566940000006

 

Leia também:

Porto: As tripas de Aveiro chegaram à Cordoaria
Aveiro: aprender sobre ostras antes de as provar
Os versos de “Lisboa, Menina e Moça” decoram este hotel




Outros Artigos





Outros Conteúdos GMG





Send this to friend