O novo Epic Sana Marquês é um resort urbano com piscina no terraço

A piscina do hotel fica no 13.º piso e tem vista desafogada sobre Lisboa. (Fotografia: DR)
O novo Epic Sana Marquês abriu à cidade de Lisboa como um “resort urbano”: tem 379 quartos, vários bares e restaurantes, spa e uma piscina à altura de 13 andares.

A água aparenta precipitar-se para o vazio, mas tal não passa da ilusão provocada pelo “rebordo infinito” da piscina situada no 13.º andar do novo Epic Sana Marquês, perto da praça Marquês de Pombal, em Lisboa. Nadar no topo da cidade é sempre uma experiência digna de registo, assim como estirar o corpo ao sol numa macia espreguiçadeira e beber uma flute de espumante.

No novo cinco estrelas da Avenida Fontes Pereira de Melo, apresentado como “resort urbano”, percebe-se que tudo foi pensado ao detalhe e a oferta é tanta que os hóspedes podem ter experiências diferentes todos os dias. A entrada é desde logo impactante, luminosa, com o bar ao centro, jardins verticais e um piano de cauda, e a receção à esquerda, onde o check-in é rápido e acolhedor.

A decoração do hotel evoca um “luxo suave”, visível na arte contemporânea e nos muxarabis (típicos da arquitetura árabe) obtidos com uma montagem simétrica do logotipo do grupo. O mesmo pode dizer-se dos 341 quartos e 38 suítes de diferentes tipologias, decorados com conforto e sofisticação: há pormenores em pele, suaves papéis de parede, camas grandes e televisões ocultas nos espelhos.

No spa Sayanna, o desligamento face à agitação do mundo exterior é ainda maior. Os tratamentos de corpo, rosto, manicure e pedicure são dados em quatro salas de tratamento (uma delas para casais) com produtos da Aromatherapy Associates e da Natura Bissé, e o relaxamento oferece chá quente, frutos secos e fruta laminada. Também há piscina de vitalidade, sauna, banho turco, duches sensoriais e ginásio.

Os pequenos-almoços são servidos no The Garden, com um ambiente inspirado na energia da selva, e as restantes refeições no bar do lobby. Muito em breve abrirão também a hóspedes e não hóspedes os restaurantes Allora e no Koji. O primeiro, com uma árvore ao centro e lustres no teto, será uma trattoria italiana com cocktail bar, balcões de antipasti, gelados e sobremesas e um terraço com uma fonte a lembrar os jardins italianos.

Já o Koji, decorado em tons de preto e encarnado, assentará na gastronomia nipónica, com sushi preparado ao vivo, cocktails de saké e um DJ residente até às 02h. O hotel dispõe também de um centro de conferências e eventos com mais de dois mil metros quadrados, 18 salas equipadas com tecnologia e uma sala de eventos capaz de acolher 1.500 pessoas.

 

O hotel na palma da mão
O grupo Sana desenvolveu uma web app (aplicação) que permite consultar todas as informações úteis sobre o hotel (horários, menus, conta corrente, entre outros) e fazer marcações de serviços, por exemplo.

 

Partilhar
Mapa da ficha ténica
Morada
Avenida Fontes Pereira de Melo, 8, Lisboa
Telefone
212468688
Custo
(€€) Quarto deluxe a partir de 180 euros/noite; quarto premium a partir de 250 euros/noite; suíte a partir de 350 euros/noite (inclui sempre pequeno-almoço).


GPS
Latitude : 39.3999
Longitude : -8.2245




Outros Artigos





Outros Conteúdos GMG





Send this to friend