A Quinta do Barranco da Estrada, em Odemira, é um paraíso para birdwatchers

(Fotografia: DR)
Na freguesia de Santa Clara-a-Velha encontra-se a Quinta do Barranco de Estrada, onde o foco é a natureza, e a observação de aves.

É chamado de “paraíso em Portugal” e a localização faz jus ao nome. Bem junto à Barragem de Santa Clara, em Odemira, encontra-se a Quinta do Barranco da Estrada. Aqui não há problemas com vizinhos, já que este é um terreno afastado da freguesia de Santa Clara-a-Velha. O foco deste alojamento não tem que enganar: é a natureza. E a observação de aves não é exceção.

Para lá chegar, há um caminho de terra que, conta o responsável do espaço, Frank, é agradável de se percorrer (exceto de noite; aí, confidencia, pode ser mais “complicado”). A avifauna
começa a estar presente mal se entra nos espaços comuns. Há ilustrações de aves na sala de refeições, há azulejos pintados com pássaros, há andorinhas penduradas nas paredes. A própria suíte de lua-de-mel, um dos dez quartos disponíveis na herdade, chama-se “andorinha”, e não falha à decoração tipicamente alentejana.

(Fotografia: DR)

(Fotografia: DR)

(Fotografia: DR)

A observação de aves, sendo um dos focos do alojamento, começa ainda dentro dos limites da quinta. Os diversos bancos distribuídos pela área de jardim permitem usufruir dos pássaros
que voam de umas árvores para outras, que aproveitam o lago para pescar ou que simplesmente sobrevoam a paisagem alentejana. O chilrear, esse, é inevitável mal se acorda na Quinta do Barranco da Estrada. Mas para os visitantes que querem ir mais além, o alojamento oferece visitas guiadas de birdwatching, de meio dia ou dia completo, feitas por especialistas, na área circundante ao terreno, equipado com um observatório próprio. O espaço designa-se como uma acomodação “bird-friendly” (amiga das aves, numa tradução livre para o português) e está certificada para excursões e guias de observação de aves. Há pacotes de alojamento que já incluem as visitas.

(Fotografia: DR)

(Fotografia: DR)

Frank, dono do espaço, chegou a Portugal em 1987 e apaixonou-se pelo Alentejo. Em particular pelo lago da Barragem de Santa Clara. O gosto pelo local foi crescendo e, com ele, cresceu
também a Quinta Barranco da Estrada. Frank e a família não largaram Portugal, o Alentejo e Santa Clara-a-Velha desde então.

Partilhar
Mapa da ficha ténica
Morada
Quinta do Barranco da Estrada, Santa Clara-a-Velha, Odemira
Telefone
283933065
Custo
() Quarto duplo a partir de 105 euros por noite


GPS
Latitude : 37.531881
Longitude : -8.442606000000069




Outros Artigos





Outros Conteúdos GMG





Send this to friend