Cascais: uma casa de vidro no parque com oficinas para todos

Cascais: uma casa de vidro no parque com oficinas para todos
No Parque Marechal Carmona, instalou-se em outubro a Ohficina, um laboratório de materiais improváveis com workshops para famílias. Todos os fins de semana há experiências sensoriais para pais e avós fazerem com crianças de várias idades.

Uma cave de uma escola em Toronto com diferentes materiais disponíveis à comunidade levou a educadora de infância Joana Quadros a regressar a Portugal com uma ideia por concretizar. Juntou-se a Maria Peres, amiga de longa data e também educadora de infância, e juntas criaram a Ohficina, que descrevem como «um laboratório de materiais improváveis» com oficinas para todas as idades.

Instalaram-se, em outubro, num edifício renovado do Parque Marechal Carmona, que foi em tempos estufa e agora é espaço criativo. «Criatividade é uma das competências que trabalhamos aqui. Queremos ajudar cada um a desenvolver a valorização, o respeito e o potencial expressivo, através dos materiais, bem como a ideia de que estes recursos são finitos », explicam.

Durante a semana, a Ohficina recebe grupos e escolas ou visitantes espontâneos, enquanto que os fins de semana são dedicados às famílias. Estes workshops familiares deverão mudar todos os meses, tal como os materiais trabalhados. O mês de estreia, outubro, foi tempo de experiências sensoriais a partir do papel; já em novembro a oficina «Onde Sentes a Natureza» tem permitido aos pais e miúdos explorarem a natureza através de projeções, texturas e música.

«É sempre diferente. No próximo mês podemos já não usar projeções nem sons», frisa Maria, explicando que os workshops têm alternado entre duas faixa etárias, aos fins de semana. No próximo, 25 de novembro, é tempo de explorar os materiais com bebés dos 0 aos 3; já a 2 de dezembro as oficinas são para famílias com crianças dos 4 aos 12 anos.

Web: facebook.com/OHficina

 

Leia também:

Brigadeiros: os mais saborosos em Lisboa e no Porto
Bitoques em Lisboa: roteiro por 8 restaurante essenciais
O Festival das Francesinhas está de volta (e traz desconto)