Viseu estreia-se no Guia Michelin: 4 novos restaurantes portugueses ganham estrela

Viseu estreia-se no Guia Michelin: 4 novos restaurantes portugueses ganham uma estrela
Os lisboetas Epur e Fifty Seconds, o algarvio Vistas, e o Mesa de Lemos, que leva a primeira distinção para Viseu, são os quatro restaurantes portugueses que passam a figurar no Guia Michelin 2020.

Quatro novos restaurantes estreiam-se no Guia Michelin Espanha e Portugal 2020, cada um com a sua primeira estrela. O Epur, de Vicent Farges; e o Fifty Seconds, de Martín Berasategui, ambos em Lisboa, fixaram-se este ano no primeiro patamar das distinções do famoso Guia Vermelho. A estas juntam-se o Mesa de Lemos, do chef Diogo Rocha, em Passos de Silgueiros, que traz, desta forma, a primeira estrela Michelin para Viseu; e ainda o algarvio Vistas, em Vila Nova de Cacela, Faro, a cargo do chef Rui Silvestre.

A edição que assinala os 110 anos do Guia Michelin Espanha e Portugal, criado pelos irmãos Édouard e André uma década depois de lançarem o guia vermelho original, o francês – que juntava informação útil para condutores, decorre na noite desta quarta-feira em Sevilha, naquela que é a noite mais aguardada do ano para a alta cozinha ibérica. A Michelin tinha prometido, num comunicado enviado no início deste mês, que 2020 seria «um ano excecional» para a gastronomia de Espanha e Portugal, «com um crescimento em todas as categorias».

Martin Berasategui, do Fifty Seconds (Fotografia: Diana Quintela/Gl)

Rui Silvestre, do Vistas. (Gonçalo Villaverde/GI)

Vicent Farges, do Epur.

É no Teatro Lope de Vega, construído para a Exposição Ibero-Americana de 1929, que decorre a gala de apresentação do guia para 2020. Precisamente há um ano, recorde-se, a iniciativa anual teve lugar pela primeira vez em Portugal, no Pavilhão Carlos Lopes, em Lisboa. Relembre aqui as reportagens que a Evasões fez sobre a gala Michelin na capital.

Ao todo, a cerimónia conta com cerca de 500 participantes, com representações do governo espanhol, críticos, figuras da indústria da restauração e chefs de cozinha. O jantar estará a cargo de Ángel León, chef-executivo do Aponiente, restaurante com três estrelas Michelin em Cádiz. Foi também este o chef que recebeu o primeiro Prémio de Sustentabilidade Michelin, uma inovação da edição deste ano. Sob a sua chancela, oito chefs andaluzes vão apresentar, cada um, quatro propostas gastronómicas.

 

Esta é a lista dos restaurantes portugueses distinguidos pelo Guia Michelin em 2020, na qual Rui Paula sobe às duas estrelas com a sua Casa de Chá da Boa Nova:

Uma estrela:
A Cozinha (Guimarães, ‘chef’ António Loureiro)
Antiqvvm (Porto, ‘chef’ Vítor Matos)
Bon Bon (Carvoeiro, ‘chef’ Louis Anjos)
Eleven (Lisboa, ‘chef’ Joachim Koerper)
Epur (Lisboa, ‘chef’ Vincent Farges) – novidade
Feitoria (Lisboa, ‘chef’ João Rodrigues)
Fifty Seconds by Martín Berasategui (Lisboa, ‘chef’ Filipe Carvalho) – novidade
Fortaleza do Guincho (Cascais, ‘chef’ Gil Fernandes)
G Pousada (Bragança, ‘chef’ Óscar Gonçalves)
Gusto by Heinz Beck (Almancil, ‘chef’ Libório Buonocore, após a saída de Daniele Pirillo)
LAB by Sergi Arola (Sintra, ‘chef’ Sergi Arola e Vlademir Veiga)
Largo do Paço (Amarante, ‘chef’ Tiago Bonito)
Loco (Lisboa, ‘chef’ Alexandre Silva)
Mesa de Lemos (Viseu, ‘chef’ Diogo Rocha) – novidade
Midori (Sintra, ‘chef’ Pedro Almeida)
Pedro Lemos (Porto, ‘chef’ Pedro Lemos)
São Gabriel (Almancil, ‘chef’ Leonel Pereira)
Vista (Portimão, ‘chef’ João Oliveira)
Vistas (Vila Nova de Cacela, ‘chef’ Rui Silvestre) – novidade
William (Funchal, ‘chef’ Luís Pestana)

Duas estrelas:
Alma (Lisboa, ‘chef’ Henrique Sá Pessoa)
Belcanto (Lisboa, ‘chef’ José Avillez)
Casa de Chá da Boa Nova (Leça da Palmeira, ‘chef’ Rui Paula) – novidade
Il Gallo d’Oro (Funchal, ‘chef’ Benoît Sinthon)
Ocean (Alporchinhos, ‘chef’ Hans Neuner)
The Yeatman (Vila Nova de Gaia, ‘chef’ Ricardo Costa)
Vila Joya (Albufeira, ‘chef’ Dieter Koschina)




Outros Artigos





Outros Conteúdos GMG





Send this to friend