Madonna foi jantar fora e quis comprar este palácio

A estrela pop chegou a apresentar duas propostas para ficar a morar no novíssimo e exclusivo hotel Verride Palácio Santa Catarina, mas não chegaram a acordo. Felizmente para nós, comuns mortais, há uma sobremesa à base de chocolate fumado no seu gastrobar que compensa qualquer eventual desgosto (?) por ainda não ser desta que Madonna encontrou casa entre nós.

Veio um dia para jantar, acompanhada da sua habitual entourage, não disse muito mas ficou com o mais novo hotel-palácio da capital portuguesa debaixo de olho.

Pudera. Instalado num palacete oitocentista, hoje propriedade de Kees Eijrond e Naushad Kanji que aqui investiram mais de uma década em contendas legais e cerca de 18 milhões de euros, o hotel de charme possui apenas 19 quartos (e duas suítes de truz vendidas a três mil euros a noite) e outros tantos detalhes para impressionar qualquer um. Até Madonna.

A estrela pop, notícia todos os dias desde que decidiu dar um tempo em Portugal, chegou a fazer duas ofertas para ter o imóvel praticamente por sua conta, mas não houve acordo.

Sorte a nossa, pois assim, mesmo que não estejamos hospedados, podemos subir até ao seu último andar não só para apreciar a única vista de Lisboa a 360 graus — foi o turismo de Lisboa quem o afirmou —, mas também para saborear a proposta de fine dining em pequenas porções (a ideia é partilhar) do gastrobar Suba.

A cargo do chef Bruno de Carvalho, o Suba vai merecer-me em breve um artigo e um post mais extensos, mas, para já, fica o aviso de amigo: há na carta uma sobremesa, de seu nome Floresta, que compensa qualquer eventual desgosto por não podermos gritar em plenos pulmões “A Madonna é da Madragoa!” nas próximas marchas populares.

E o que torna tão especial esta composição? O facto de levar, e de saber a, chocolate fumado. E não só. Na obra vai ainda brownie de chocolate com compota de kumqat (quincã), crocante de chocolate e as folhas verdes são uma mistura desidratada de coentros e hortelã.

Perdeste, Madonna.

Suba
Aberto para almoços e jantares, das 12h30 às 15h00 e das 19h30 às 23h00
Preço médio: 40 euros
Rooftop
Aberto todos os dias, das 15h00 às 00h00
[Sigam-me também no Instagram para mais estórias visuais]