Veggie Fest: o festival vegetariano de São João da Madeira

(Fotografia de Carlos Santos Silva/GI)
Dois dias, na Oliva Creative Factory, em S. João da Madeira, para provar que a comida vegetariana é acessível e fácil. Showcookings, palestras, conversas, degustações, no Veggie Fest há até fast-food, só não há carne nem peixe.

Por lá pode aprender a cozinhar refeições vegetarianas, a preparar uma marmita saudável, a comer bem se for desportista ou a fazer iogurtes naturais. Chama-se Veggie Fest o festival que aterra, este sábado e domingo, 14 e 15 de outubro, em S. João da Madeira, para descomplicar e desmistificar a ideia de que os vegetarianos só comem comida estranha. E não faltam coisas para fazer: assistir a showcookings como o do chef Chakall; falar com nutricionistas como a Sandra Gomes, autora de manuais lançados pela Direção Geral da Saúde; assistir a apresentações de bloggers, é o caso de Joana Alves do blog “Le Passe Vite”; degustar queijos, alheiras ou pastelaria vegan ou fazer aulas de yoga. Há até ateliês para as crianças.

Os bilhetes custam 3 euros para um dia, 5 euros para os dois (não há multibanco no recinto) e só não incluem as refeições. Para isso há as foodtrucks, de comida rápida, com sandes, hambúrgueres, francesinhas, tapiocas, crepes e smoothies. Tudo em versão vegetariana. É a primeira edição de um festival criado por Pedro Andrade e Rosário Alves. O casal, amante de comida saudável, percebeu que há muita falta de informação quando a filha Mariana entrou na escola. «Deparamo-nos com o contraste entre a alimentação dentro e fora de casa», explica Pedro.

No festival, pode aprender receitas ou provar produtos de marcas presentes em supermercados. «Muita gente quer experimentar alternativas em casas, mas não sabe o que comprar ou como cozinhar», diz Pedro, que pensou o conceito para pessoas que vivem na cidade. «É trazer a alimentação vegetariana para o dia a dia das pessoas que têm vidas ocupadas e querem alimentar-se melhor», refere.

CHEFS, BLOGGERS E NUTRICIONISTAS NO PROGRAMA
E porque a comida vegetariana pode ser boa, simples de fazer e os ingredientes fáceis de encontrar, os convidados dão uma ajuda. O chef Chakall é provavelmente o nome mais sonante no programa e, embora não seja vegetariano, alinhou na aventura e vai cozinhar, no sábado às 18h, uma receita sua. Antes disso, às 17h, é possível estar à conversa com Leonor Cício, do blog “Na Cadeira da Papa” com mais de 80 mil seguidores; e logo ao início da tarde pode aprender a preparar refeições 100% vegetarianas com Gabriela Oliveira, a autora de livros de cozinha vegetariana mais vendida em Portugal. No domingo o destaque vai para Darchite Kantelal, nutricionista especializado em nutrição desportiva, que vai falar às 16 horas.

Veggie Fest
Morada: Oliva Creative Factory, Rua da Fundição, 240, São João da Madeira
Telefone: 256 004 100
Horário: Sábado (dia 14) e domingo (dia 15), das 10h00 às 22h00
Preço: 3 euros para um dia; 5 euros para os dois.



CONTEÚDO PATROCINADO