Sabores argentinos e portugueses para provar em Sintra

O restaurante é de família e tem raízes que atravessam o Atlântico. Entre o português e o espanhol, a linguagem que o São Pedro 26, em Sintra, defende é universal: boa comida e simpatia no atendimento.

Máximo e Jorge Afione são dois irmãos com sotaque argentino que se revezam para atender todas as mesas do São Pedro 26. A mãe, Isabel Pinto, é a proprietária e quem comanda a cozinha. Os filhos vivem na Patagónia, mas passam longas temporadas em Sintra, terra natal da família materna, para ajudar no negócio.

Em 2010, abriram o primeiro espaço no número 18. Alguns anos depois, Isabel decidiu subir a rua e instalar-se no 26, mesmo no Largo 1º de Dezembro, uma localização mais central e com esplanada. A decoração é despojada, mas os pormenores não foram esquecidos, com os quadros da avó Madalena pendurados por toda a sala do primeiro andar.

«Queremos que o cliente se sinta mesmo à vontade quando aqui vem», conta Máximo ao mesmo tempo que sugere a canja de galinha da mãe para início de refeição. «Não é uma canja qualquer», argumento válido. E não é. À tradicional canja com massa, são adicionados cogumelos, cenoura e alho francês. A consistência é diferente, o sabor assume várias camadas mas o efeito é o mesmo: o estômago confortado.

Segue-se o vencedor de um concurso que elegeu o melhor prato do concelho de Sintra: o polvo confitado com batata-doce em cama de espinafres é um concentrado de sabores e merece ser saboreado com tempo. Da ementa fixa fazem também parte a coxa de pato confitada com batata rosti e molho de framboesa e o bife de alcatra com molho à escolha, entre outros.

Nos pratos do dia, Isabel surpreende com combinações improváveis como, a título de exemplo, uma alheira acompanhada de risoto verde. Também nas sobremesas há surpresas amiúde como a pavlova de cappuccino que deixa água na boca e acompanha na perfeição o café. Ainda que a cozinha seja portuguesa, as raízes argentinas vêm à tona e, de vez em quando, são servidas as famosas empanadas feitas, da massa ao recheio, inteiramente no 26.


Partilhar
Partilhar
Mapa da ficha ténica
Morada
Largo 1º de Dezembro, 26, Sintra
Telefone
219235163
Horário
Das 12h00 às 17h00; sexta e sábado, das 12h00 às 23h00. Encerra ao domingo.
Custo
(€) 13 euros


GPS
Latitude : 38.7907291
Longitude : -9.37733639999999

Leia também:
Dez segredos para descobrir na linha de Sintra
Dormir em Sintra com o charme de outros tempos
Seis salas para beber chá na elegante vila de Sintra