Os novos hambúrgueres de Aveiro juntam doce e salgado

Nesta hamburgueria, a Porta 35, os sabores e ingredientes de cada hambúrguer combinam o doce e o salgado, o tradicional e a irreverência, e têm todos nomes de portas. Há de vaca, bacalhau, alheira e vegetais.

As entradas têm nomes de chaves, o prato principal – hambúrgueres – são portas, e as sobremesas expressões de despedida como «baza», «tá no ir» ou «dá de frosques». O menu tem uma lógica: as chaves abrem portas que dão acesso a doces. E, por causa da localização, há também conservas de escabeche de mexilhões ou de cavala fumada na ementa. Compota de cebola com três pimentas, bacon com chili, cogumelos, beringela, são ingredientes que formam combinações agridoces. «Brincamos um bocado com os sabores. Queremos sabores que sejam experiências associadas ao hambúrguer diferentes do comum», adianta Maria Soares, proprietária do Porta 35.

O hambúrguer da casa chega à mesa em bolo de caco com alface, presunto, Camembert e doce de frutos silvestres. É uma proposta suculenta. «Porta com todos» é um hambúrguer de bacalhau com espinafres salteados, presunto e queijo gratinado. O ovo estrelado entra na «porta da capoeira», o «porta alheia» é servido com alheira de Mirandela salteada em grelos e alho. Para os vegetarianos, há o «porta verde» com hambúrguer de vegetais, caju, couve roxa e cebola.

Nas entradas, há espetadas assadas de ananás e bacon na «chave mestra» e uma cama de massa folhada para Camembert, mel e frutos secos na «chave sextavada». Nos doces, um suspiro com chocolate quente, chantili e frutos silvestres dá nome a um «já vais?» e «já foste?» tem gelado de nata numa cama de bolacha Maria com ovos-moles e canela.

«Queremos que os nossos clientes se sintam em casa num espaço agradável, sem luzes muito fortes.» Maria Soares aproveitou alguns apontamentos do espaço onde outrora funcionou a discoteca Clandestino. Deixou cartazes à vista, um grande espelho na parede no andar de cima, a madeira do balcão no piso de baixo. Recuperou um louceiro da bisavó e criou um ambiente descontraído a meia-luz com candeeiros discretos. Maria não para quieta e já abriu mais dois restaurantes ali perto, um de peixe e marisco, outro de comida tradicional portuguesa. Novas aventuras depois de ter coordenado um projeto de uma quinta pedagógica.

 

Partilhar
Partilhar
Mapa da ficha ténica
Morada
Rua Tenente Rezende, 35
Telefone
911532016
Horário
Das 12h00 às 16h00 e das 19h00 às 23h00. Encerra à terça.
Custo
() Preço médio: 8 euros


GPS
Latitude : 40.64241820536601
Longitude : -8.655046044844084

 

Leia também:

Hambúrgueres para comer numa praça de Lisboa
Hambúrgueres e comida indiana dão sabor a este «cinema»
No Lorde os hambúrgueres são à escolha do freguês