Nova pizaria do Bairro Alto aberta até de madrugada

M'Arrecreo, que homenageia as verdadeiras e originais pizas, as napolitanas, acaba de abrir no Bairro Alto, com uma zona de grab and go até de madrugada.

Entre um minuto e um minuto e meio. É este o tempo que demoram a estar prontas as pizas napolitanas deste novo espaço do Bairro Alto. São cozidas a 480º num forno a lenha e a gás, construído com pedra de origem vulcânica. A massa fermentada entre 16 a 24 horas também ajuda a tornar estas pizas finas e crocantes, de fácil digestão. À bela maneira napolitana.

Foi nesta cidade que Pedro Azevedo se formou durante meses, com especialistas locais. Antes disso, a paixão pela gastronomia italiana começou em Florença, onde fez Erasmus. «A massa das pizas tem alguns segredos, mas o mais importante é a simplicidade», diz.

As duas napolitanas originais estão na carta do M’Arrecreo (que é uma expressão satisfatória usada na região). São elas a margherita DOP e a marinara, mas variedade não falta. Muitos dos produtos frescos são portugueses. Os mais específicos vêm de Itália, como o presunto de Parma, o tomate San Marzano DOP, a mozarela de Campania e a burrata de Puglia.

À zona de mesas junta-se outra de grab and go, aberta até às 01h00, ou 02h00 no caso de ser sexta ou sábado. Para matar a fome fora de horas no Bairro Alto há duas opções: uma Portafoglio, que é uma margarita dobrada em dois; e uma mini-calzone. Antes disso, entre as 17h30 e as 19h00, a happy hour tem cocktails a 5€, com oferta de um petisco. Aos mojitos normais juntam-se os de amora e morango, por exemplo.

 

Partilhar
Partilhar
Mapa da ficha ténica
Morada
Travessa dos Inglesinhos, 36 (Bairro Alto), Lisboa
Telefone
916288884
Horário
De segunda a quinta, das 12h30 às 15h00 e das 19h00 às 01h00. Sexta e sábado, até às 02h00. Encerra ao sábado.
Custo
(€) Preço médio: 15 euros


GPS
Latitude : 38.712839
Longitude : -9.145620699999995

 

Leia também:

Lisboa: Há novas pizas para provar junto ao rio
Lisboa: Mercado italiano leva pizas e massas ao Rossio
Dia Mundial da Piza: 10 pizarias para ir no Porto e em Lisboa