Lisboa tem cafetaria com bolos caseiros (e brunch)

Dá pelo nome de Simpli e abriu em dezembro na Braancamp, entre o Rato e o Marquês de Pombal. Por detrás do balcão só se vai encontrar café de especialidade e a pastelaria é também feita ali.

Não é preciso dominar bem a terminologia de café de especialidade para beber um expresso na Simpli, a nova pastelaria que abriu no final de 2017 a uns minutos a pé do Marquês de Pombal. Porque quem domina esta linguagem está por detrás do balcão e a explicação não é só rápida como esclarecedora. «Trabalhamos com dois cafés de especialidade sempre, que vão tendo rotatividade. Neste momento, temos o Brasil, mais frutado, e o das Honduras, mais encorpado», explicam.

Está feita a apresentação ao café de especialidade, que pode ser provado em formato expresso a1,10 euros saído de uma Della Carte («um ferrari das máquinas de café», explicam mais tarde), mas também em capuccino, meia de leite ou outras variedades de bebidas quentes.

Boa parte da loiça vem de Hong Kong e apresenta um formato ligeiramente mais côncavo, «de forma a evitar que os resíduos do café se acumulem no fundo», explica Mário Cajada. É um dos responsáveis pelo novo espaço do grupo que também detém a Champanheria do Largo e o Mestizo. Desde há uns anos que é apaixonado pelo café de especialidade, depois de o provar pela primeira vez numa viagem a Amesterdão.

É minucioso, tanto que chega a afinar a moagem de cada lote várias vezes até o café sair com as características que considera perfeitas. «A moagem é sempre ajustada a cada lote, porque cada um tem a sua particularidade, o tempo de torra varia ligeiramente», adianta, apontando para a máquina onde é feita a torragem, ao fundo da sala.

Aos sábados há brunch a partir de 8,50 euros, com direito a bebida quente, sumo natural, cesto de pães e bolos e iogurte com granola.

A torra acontece sempre em horário de funcionamento, em dias alternados, para o cliente poder ver o grão inicialmente verde a transformar-se em castanho escuro. Na Simpli só se utilizam cafés 100% arábica, classificados pela Specialty Coffee Association of America, e plantados acima dos 1100 metros de altitude. «É por isso que têm menos cafeína, que é basicamente uma espécie de defesa que o grão tem para se proteger do que o rodeia. Quanto mais altitude, menos cafeína», explica ainda Mário, enquanto limpa as borras do porta-filtros com um pincel para evitar o barulho do excedente de café a ser retirado.

 

O café é torrado no próprio espaço e o cliente pode assistir ao processo.

Há um cuidado na explicação que combina com a atmosfera desta cafetaria. Além do café de especialidade, a Simpli tem também diariamente bolos caseiros e pastelaria feita no dia e, ao fim de semana, brunches a 8,50 e 15 euros – este último com ovos benedict e salmão, além da bebida quente, do sumo natural, do cesto de pães e bolos e do iogurte com granola e fruta.

Pode ver-se atrás do balcão a equipa atarefada a preparar os brioches, os palmiers, as tarteletes, os croissants integrais e até os pães (de mistura, Alentejo, Mafra e cereais) que ocupam as prateleiras. Para refeições rápidas há sandes, focaccias , pizas e queijadas e, para levar, café de especialidade ao peso.

 

Partilhar
Partilhar
Mapa da ficha ténica
Morada
Rua Braamcamp, 64 (Marquês de Pombal)
Telefone
213850608
Horário
Das 08h00 às 20h00. Encerra domingo.


GPS
Latitude : 39.3999
Longitude : -8.224500000000035

 

Leia também:

Fanqueiros: uma rua de Lisboa que nasceu do terramoto
Aloha Café: nova cafetaria saudável vai abrir junto ao mar
Hambúrgueres e saladas para comer numa praça de Lisboa