Este restaurante no Porto tem um menu 100% gluten free

O restaurante italiano Sergio Crivelli, em Matosinhos, é o único a norte do país certificado pela Associação Portuguesa de Celíacos.

No restaurante que é ponto de encontro da rua Brito Capelo com a de Tomaz Ribeiro quem entra tem à disposição dois menus distintos. Em boa verdade, são em grande parte semelhantes, compostos pelas mesmas entradas, pizas, massas e sobremesas. Num deles, porém, nota-se um importante pormenor que o distingue logo na capa, é um menu 100% sem glúten.

A casa abriu em 2012, quando Sergio Crivelli se reformou, depois de uma longa carreira na área dos têxteis que o levou a viver um pouco por toda a Europa, incluindo Portugal, onde acabou por se instalar permanentemente em 1980. Decidiu então dedicar-se à paixão que sempre o acompanhou, a cozinha, em particular a italiana, gosto que herdou da avó, assim como o interesse por cogumelos e trufas, ingredientes recorrentes nos seus pratos.

Não levou muito tempo até que surgisse a preocupação com o glúten. «Uma funcionária que aqui trabalhava tinha uma filha e nunca a trazia aos eventos que eu organizava porque ela era intolerante ao glúten», conta o chef. Determinado a remediar a situação, desenvolveu uma ementa alternativa e adaptou o restaurante, de acordo com normas internacionais, o que lhe valeu a certificação da Associação Portuguesa de Celíacos (APC), tornando-se no primeiro e único restaurante a norte do país reconhecido pela entidade.

Todos os pratos deste menu especial são isentos da proteína em questão, desde o pão caseiro com que se prova o azeite italiano que tem sempre lugar à mesa, à saborosa massa Mare e Monti, feita com camarões, uma seleção de cogumelos, e incorporada com molho de tomate, natas e salsa.

«O maior problema é a contaminação cruzada»

As massas são todas preparadas num laboratório separado da cozinha, para que não haja contacto com outros produtos que contêm glúten. «O maior problema é a contaminação cruzada», lembra o chef. «Muita gente acha que um vestígio não vai ter qualquer problema mas pode ser muito grave, dependendo da sensibilidade da pessoa».

As pizas, como não pode deixar de ser, também têm lugar de destaque na ementa, em combinações variadas, como a Diavola, que inclui mozzarella, pepperoni, azeitonas pretas, pimentos e tomates cherry. As características da farinha tornam-nas ligeiramente mais pequenas que o habitual, mas foi precisamente com uma destas pizas que, ainda em 2012, o chef ganhou o Campeonato do Mundo de Pizza sem Glúten em Rimini, Itália.

Chegando às sobremesas torna-se difícil escolher entre a crostata caseira disponível no dia, feita com compota de pêra, maçã ou morango, o tradicional tiramisù, ou as novidades que o chef ou a esposa, Luzia Crivelli, vão acrescentando à carta, caso da pavlova de morango.

Para terminar a refeição resta provar o licor de laranja artesanal, enquanto se passeiam os olhos pela decoração original, composta por máquinas fotográficas antigas, binóculos também de outros tempos e até um gramofone do início do século passado, que fazem parte da colação privada que Sergio Crivelli foi construindo nas suas muitas viagens.

Partilhar
Mapa da ficha ténica
Morada
Rua Brito Capelo, 705
Telefone
229380452
Horário
12h30 às 15h00; 19h00 às 23h00. Encerra à segunda-feira.
Custo
() Preço médio: 20 euros.


GPS
Latitude : 41.181714
Longitude : -8.689616000000001

Leia também:

Matosinhos: Uma rua para conhecer perto do passeio marítimo
Roteiro pela Linha Azul para celebrar os 15 anos do metro
Dono de pizaria em Matosinhos é campeão do mundo