Este restaurante no Porto só serve alheiras

Em mirandês, Tabafeira significa alheira e foi essa a palavra escolhida por Ana Clara e André Azevedo para o seu restaurante que apenas serve aquele enchido transmontano.

A ideia surgiu na encarnação anterior do espaço, uma pastelaria artesanal que, ao almoço, servia algumas refeições ligeiras, também a cargo de Ana e André. Como as refeições corriam cada vez melhor, o casal começou a ponderar uma reformulação da casa. «Sempre que o prato do dia era alheira, era um sucesso», garante Ana, contando que os clientes até diziam «qualquer dia isto vira a casa da alheira». Dito e feito.

Em três semanas, com algumas alterações e mais pessoal, nascia a Tabafeira, “o primeiro restaurante dedicado às maravilhosas alheiras”, que abriu há dias na zona de São Lázaro.

André é o responsável pela cozinha e diz que a sua grande missão é «desconstruir o conceito de que a alheira é um prato pesado e só é boa cozida com grelos e batata ou frita com um ovo estrelado». Até porque, garante, «se o bacalhau tem 1001 maneiras de se cozinhar, a alheira tem 999». A desconstrução não será estática pois haverá mudanças regulares nos cinco ou seis pratos da carta, assim como menu para crianças, vegetarianos ou “alternativos”.

Atualmente, destacam-se o cesto de alheira (em massa filó), o cogumelo portobello recheado de alheira, o empadão de alheira (vegetariano), o hamburguer de alheira e a original alheira à tabafeira. Para degustar a dois, há um prato com quatro variedades de alheiras grelhadas na brasa, salpicão e três queijos nacionais. Ao almoço, há sempre refeições económicas a cinco ou sete euros. Por último, refira-se que todas as alheiras, o pão e a broa de azeite são comprados diretamente a produtores transmontanos.

 

Tabafeira – Casa D’Alheira
Rua Morgado Mateus, 9 (São Lázaro), Porto
Tel: 225371570
Web: www.tabafeira.com
Das 12h00 às 15h00 e das 19h30 às 22h00; sextas ; e sábados até às 23h00. Encerra domingo.
Preço médio: 12 euros