Comer em conta: a casa de Braga onde O Amor Vive na Cozinha

O Amor Vive na Cozinha.(Fotografia de Paulo Jorge Magalhães/GI)
Em Braga, o restaurante O Amor Vive na Cozinha surgiu da vontade de três amigos conviverem entre pratos saudáveis - e a falta de opções sentida para tal. Apesar de olhar à saúde, a ementa não descora o sabor. E o protagonista até é uma sobremesa.

Primeiro vieram os treinos de crossfit. Depois de a amizade assentar, chegou a procura por um espaço para lanchar no final do exercício físico. Mas não queriam um lugar qualquer. A ideia era fugir à típica pastelaria portuguesa e ter opções saudáveis. Como não encontraram, decidiram pôr mãos à obra. Começaram os convívios semanais. Ora na casa de um, ora na casa de outro, ora ao ar livre. Amigos e família estavam convidados e os “chefs” eram os três amigos. Foi de uma amizade de ginásio e da falta de espaços saudáveis na cidade que Andreia Fernandes, Bruna Fonseca e Ricardo Baia se juntaram para abrir “O Amor Vive na Cozinha”, ao lado do Mercado Municipal de Braga.

Aquando da visita da Evasões, o menu do dia apresenta um brás de legumes. Andreia Fernandes, que deixou um emprego estável na informática para se dedicar à comida, aproveita a ementa para dar a conhecer outro pilar do restaurante: evitar o desperdício alimentar. “Quando tenho um prato que sei que vai sobrar alimentos, por causa de cortes ou meias porções, escolho fazer um brás no dia seguinte. Fazemos o mínimo de lixo possível.” O prato muda todos os dias e alternam-se opções de carne, peixe e vegetariana. Por 10 euros, o almoço fica completo com prato, bebida, sopa e sobremesa. Para uma refeição mais demorada, há ainda o brunch, com cinco elementos, por 17 euros. Apesar da saúde ser o pilar, o amor não deixa escapar o sabor. “Todos os pratos são feitos para serem saborosos e apreciados”, salienta. Prova disso é a estrela da casa ser uma sobremesa: o quadrado de coco com cobertura de chocolate.

O brás de legumes deste espaço. (Fotografias de Paulo Jorge Magalhães/GI)

A temática do amor surgiu nos primeiros encontros organizados pelo trio. Em cada sessão de almoço ou lanche saudável, escolhiam “um filme de amor”. Quando finalmente encontraram o número 90 para venda, a fusão do cinema romântico com a paixão pela comida saudável foi o passo óbvio para os donos. Seguiu-se um ano de remodelações – feitas pelos próprios, por amigos e família. Uma obra “caseira”, na qual Andreia Fernandes, a cara diária do restaurante, procurou transmitir aconchego e a sensação de casa. As portas penduradas nas paredes são desperdícios de obras. Os móveis eram antigos e foram restaurados. Os pratos são da casa dos avós. Figuras de Santo António vão-se juntando na prateleira. Já o cão que guarda a porta da entrada foi oferecido pelo dono de uma loja de velharias. Com amor (e muito trabalho), foi lixado, emassado e pintado. Apesar da fragilidade da loiça de que é feito, tem resistido a encontrões e a crianças que se querem divertir com o animal inanimado. Andreia espera que vá continuando a resistir. “Talvez seja o amor que o alimenta.”

Andreia Fernandes, responsável pel’O Amor Vive na Cozinha.

O restaurante abriu em 2019 na Praça do Comércio, em Braga.

Menu do dia
Prato, bebida, sopa ou sobremesa por 8,50 euros.
Menu completo por 10 euros.
Especialidades: Sopa da casa (creme de legumes sem batata), salada de cogumelos, quadrado de coco.

Partilhar
Mapa da ficha ténica
Morada
Praça do Comércio, 90, Braga
Telefone
253 066 168
Horário
Aberto todos os dias das 10 horas às 18h30. Ao sábado encerra às 19 horas.


GPS
Latitude : 39.3999
Longitude : -8.2245




Outros Artigos





Outros Conteúdos GMG





Send this to friend