Porto: há uma nova Brasão em rua de francesinhas famosas

A cervejaria Brasão abriu uma segunda casa, ao lado do Coliseu. As francesinhas, os bifes e as cervejas artesanais continuam a ser o forte da casa. Mas há novidades.

A equipa da cervejaria Brasão já estava farta de ter de rejeitar clientes. «Já não temos mesa» era a frase que que mais vezes tinham de repetir. O espaço da Rua Ramalho Ortigão, nos Aliados, abriu em 2014 como «irmão mais novo» da Yuko Tavern e rapidamente os seus 70 lugares se tornaram escassos. A solução só poderia passar por encontrar um novo sítio. Sérgio Cambas, chef, escanção e empresário (além da Yuko e da Brasão é também o responsável do Paparico), acabou por encontrar numa antiga loja de roupas na Rua Passos Manuel, perto do Coliseu, o local ideal.


Veja também:
As francesinhas mais emblemáticas da cidade do Porto
Estes são os segredos das melhores francesinhas
Onde comer francesinhas: no Porto ou em Lisboa


Além de ter capacidade para sentar duzentas pessoas, fica na zona conhecida por ter alguns dos mais afamados restaurantes de francesinhas – facto que agradou a Sérgio, ou não fosse a francesinha da Brasão também uma das mais conceituadas da cidade. A estética do espaço está completamente em linha com a casa-mãe. Há o ferro fundido, a madeira escura, o mosaico hidráulico e pormenores distintos como um painel feito de pratos pintados à mão junto às escadas que unem o rés-do-chão com a sala de baixo.

A carta da Brasão Coliseu é praticamente igual à dos Aliados. Apenas se acrescentaram alguns pratos, como bacalhau com alcaparras, bacalhau com cebolada, costeletinhas com salada de laranja e cebola roxa, bife picado com picles e tábua de carnes maturadas (sugestões que irão também integrar a carta da primeira Brasão).

Outra das novidades é o aumento da oferta de cervejas. Além da IPA da Sovina produzida especialmente para acompanhar a francesinha da casa, que já existia na primeira Brasão, têm aqui disponíveis à pressão mais quatro referências da artesanal portuense: helles, weiss, bock e stout. Também há Super Bock e mais de vinte referências internacionais. Os indecisos podem sempre pedir sugestões de harmonização.


Partilhar
Mapa da ficha ténica
Morada
Rua Passos Manuel, 205 (Baixa)
Telefone
931989364
Horário
Das 12h00 às 15h30 e das 19h00 às 23h30. Sexta e sábado fecha às 02h00. Não encerra.
Custo
() Preço médio: 20 euros


GPS
Latitude : 41.1466164
Longitude : -8.60491239999999

 

Mais para ler:

7 bares para beber cerveja artesanal com produção própria
Cerveja artesanal Letra já tem casa com jardim no Porto
Dulye: «A comida é essencial para a cerveja artesanal»