Boas francesinhas fora do Porto: 2 sugestões em Viana

Uma proposta da Tasquinha da Praça. Fotografia: Rui Manuel Fonseca/GI
Há duas casas com francesinhas no menu, em sã convivência, na Praça da Liberdade, em Viana do Castelo. Tanto a Tasquinha da Praça como o restaurante Cerqueira's geram filas à porta, mas vale a pena esperar para escolher entre as várias versões: da tradicional à vegetariana, sem esquecer as opções com alheira.

A francesinha do vizinho é tão boa como a minha

Cerqueira’s

A diferença está no molho: é cervejeiro, mas tem como base um caldo de cozedura longa de legumes em vez do tradicional caldo de carnes. A francesinha Cerqueira’s da casa com o mesmo nome quer inovar. O estabelecimento abriu há dois anos na Praça da Liberdade. Ao lado, já existia a Tasquinha da Praça, um dos espaços mais procurados da cidade, também por causa francesinha. O que podia ser encarado como concorrência, gerou, pela sã convivência, benefício para as duas casas, que quase sempre têm fila à porta.

“Cada casa tem o seu conceito e chega para todos. A Tasquinha foi boa para nós. Como estavam sempre cheios, as pessoas acabavam por visitar o nosso espaço e ficaram clientes”, diz o proprietário do Cerqueira’s Lounge & Restaurant.

Fotografia: Rui Manuel Fonseca/GI

O restaurante tem como anfitriões Tiago Cerqueira, do Porto, que cresceu a aprender hotelaria com os pais, e Tânia Almeida, fisioterapeuta de Braga que trocou o ofício por este projeto a dois. Deram o apelido dele ao restaurante e criaram uma ementa com as preferências de ambos, influenciada pelas mudanças alimentares em voga e refinada pela criatividade dela.

“Quando pensámos abrir a casa, já sabíamos que a queríamos de acordo com os nossos gostos. Somos muito gulosos. Quando jantamos fora é isto [o que está na ementa] que gostamos de comer”, diz Tiago. A carta tem cinco francesinhas: clássica, de alheira, de marisco, vegetariana e light.

Fotografia: Rui Manuel Fonseca/GI

Champarrião
De vinho branco ou tinto, é uma das bebidas que a família Azevedo recomenda. Mas também servem sangria, vinhos e cerca de 40 cervejas nacionais e estrangeiras

 

Tasquinha da Praça

Uma francesinha tradicional apurada pelo gosto da Dona Bina, servida em louça típica de Viana, acompanhada com batata à rodela “empenada” e pensada para agradar a todos os paladares é a proposta da família Azevedo. O casal Carlos e Ludovina, a cozinheira, e os filhos, o mais novo com o nome do pai e Diogo, servem-na na Tasquinha da Praça como estivessem a receber convidados em casa. Aliás, a receita, conta Carlos, foi mesmo inspirada nas francesinhas que toda a vida puseram à mesa nas reuniões de família e amigos.

Fotografia: Rui Manuel Fonseca/GI

“Fazemos a francesinha neste formato, porque já a fazíamos assim em casa. Quando vinha um grupo grande, tínhamos o problema de servir todos ao mesmo tempo. O nosso treino foi metê-la ao forno. Assim, mesmo que sejam muitas, saem sempre quentinhas”, diz Carlos Azevedo.

Quanto ao molho, não há segredos: “é o tradicional, mas apurado pela minha esposa. A diferença é que a nossa francesinha dá para todas as faixas etárias. Vem uma criança come e não está picante, nem salgada”, afirma Carlos. A batata frita é que, sim, tem segredo. “À nossa maneira, fica empenada. É cortada à mão, vai em água gelada ao frigorífico e empena. Foi a minha esposa que inventou”, revela o anfitrião.

Fotografia: Rui Manuel Fonseca/GI

A francesinha que leva o nome da casa é a clássica, mas há mais quatro opções: de hambúrguer, frango, alheira e vegetariana. São servidas num prato com traço azul pintado à mão da VianaGrés. O chamariz da casa não é apenas a francesinha. O bacalhau com broa, os bifes, as lasanhas e o arroz de tamboril são outras das especialidades da casa. Para a adoçar a boca no final (se ainda restar apetite), há várias sugestões, entre elas rabanadas, tiramisu e doce de bolacha.

Sangria exótica
Esta bebida é a que tem mais saída, mas o Cerqueira’a tem 15 variedades criadas por Tiago e Tânia. Uma das suas criações é a sangria de inverno, uma infusão quente de vinho branco com outras bebidas, apenas recomendada “para duros”.

Passeio na natureza
Após uma refeição de francesinha, por mais leve que seja, nada como um passeio à beira-rio, do mar ou na montanha. E Viana do Castelo tem muito por onde escolher: a serra de Santa Luzia, a Praia Norte ou jardim da Marina. São locais onde a paisagem enche os olhos e o caminhar acomoda o estômago cheio.

Morada
Praça da Liberdade, Viana do Castelo
Custo
(€) Francesinha: 11 euros (inclui batata frita)
Horário
Das 12h às 15h e das 19h às 22h. Terça e quarta, só jantar. Não encerra.


GPS
Latitude : 41.6911422
Longitude : -8.828242600000067
Partilhar
Mapa da ficha ténica Mapa da ficha ténica
Partilhar
Morada
Praça da Liberdade, Viana do Castelo
Telefone
968196520
Custo
(€) Francesinha: 9 euros
Horário
Das 12h às 15h e das 19h às 23h; quarta e quinta, ate às 22h; domingo, só jantar. Encerra segunda e terça.


GPS
Latitude : 41.6911422
Longitude : -8.828242600000067
Partilhar
Mapa da ficha ténica Mapa da ficha ténica




Outros Artigos





Outros Conteúdos GMG





Send this to friend