Há oito novos gelados na Arcádia

A antiga confeitaria dos bombons e amêndoas lançou gelados artesanais, com oito sabores, servidos em cones enrolados à mão e finalizados com um biscoito língua-de-gato. Há no Porto, Loulé e Lisboa.

Os gelados são novos na Arcádia , mas já têm um ritual: são servidos em copo ou cone, sempre com espátula, e finalizados com uma língua-de-gato de chocolate. Os gelados artesanais são a última aposta da história da confeitaria portuense, fundada em 1933. Esta antiga empresa familiar de fabrico de chocolate, amêndoas e pastelaria artesanal começou a vendê-los em três dos seus espaços, aproveitando o lançamento do seu novo conceito de loja Arcádia Café.

«Somos muito conhecidos pelos chocolates e no verão não apetece tanto comer chocolate. Lembrámo-nos de fazer os nossos gelados. É tudo feito aqui e foram desenvolvidos em parceria com um gelateiro italiano, o Gianfausto Pellegrinetti, que nos ajudou na elaboração de todas as receitas», explica a administradora Margarida Bastos.
A maioria dos gelados – há oito sabores disponíveis, dois deles sorvetes, de manga e de morango – é feita com produtos Arcádia. O de chocolate com vinho do porto, por exemplo, é confecionado com o chocolate de leite da Arcádia e com o recheio dos bombons com porto Cálem que a casa também faz. Já os gelados de chocolate com bolacha e de doce de leite são feitos com cookies de chocolate e de caramelo, respetivamente. Os cones de bolacha, esses «são artesanais e enrolados à mão».

Para já, estes gelados, em que a Arcádia procura a textura e o sabor do verdadeiro gelado italiano, estão em Loulé (Mar Shopping Algarve), em Lisboa (Parque das Nações) e no Porto (Mercado Bom Sucesso). Até ao final do ano, chegarão ao renovado Mercado Beira-rio, em Vila Nova de Gaia.

 

Web: arcadia.pt. Preços: Desde 2,50 euros.

 

Leia também:

Gelados: maior Amorino do mundo abriu no Porto
O novo gelado de castanha é para matar saudades do outono
10 sítios pelo país que estão a recuperar pão artesanal