Emoções à flor da pele ao encontro da primavera

Antes da fundação do reino, no tempo em que parte de Portugal era governado pelos árabes, reza a lenda que o rei Ibn-Almundim mandou plantar amendoeiras para agradar à sua bela princesa nórdica.

O rei Ibn-Almundim era conhecido por não poupar prisioneiros – até à batalha em que descobriu, entre os seus despojos, uma princesa loira, de olhos azuis e porte altivo. O rei mouro concedeu-lhe a liberdade, acabando por apaixonar-se por ela e pedindo-a em casamento. Mas pouco tempo depois, a princesa adoece, sem razão aparente. Alguém disse ao rei que a esposa estaria a sofrer com saudades do seu país distante. É então que Ibn-Almundim ordena a plantação de árvores que, quando em flor, assemelham-se a um belíssimo manto de neve.

Foi então graças a este rei árabe que, em Portugal, a primavera passou a ser anunciada pelo desabrochar das amendoeiras, que pintam os cenários do verdejante Douro de branco e rosa, tornando uma viagem por aquela vasta região, do Pocinho até Freixo de Espada a Cinta, passando por Foz Côa e Vila Flor, numa experiência inesquecível sobre os milagres da natureza.

É já a partir dos próximos dias que este fenómeno começa a colorir o país, pelo que a CP preparou um programa especial, a “Rota das Amendoeiras”. Embarque neste programa de um dia que inclui viagem em comboio especial, entre Porto-Campanhã e Pocinho, com três circuitos rodoviários à escolha.

Este passeio ao encontro da primavera, sugerido pela CP – Comboios de Portugal, acontece aos sábados, dias 3, 10, 17 e 24 de março. Para admirar as belíssimas paisagens os passageiros podem escolher entre três circuitos feitos em autocarro. A Rota A parte do Pocinho e segue até ao Museu do Côa (com visita guiada ao museu), para em Figueira de Castelo Rodrigo para almoço, seguindo depois para Castelo Rodrigo, Barca D’Alva, Penedo Durão, e Freixo de Espada a Cinta. Já Rota B começa em Freixo de Numão e passa pelas localidades de Penedono, Trancoso, Marialva, Meda, Museu do Côa e Foz Côa. Por último, a Rota C leva os passageiros da CP a descobrir a Torre de Moncorvo, Mogadouro, Santuário de Cerejais e Vila Flor. Todas as viagens incluem paragens em pontos estratégicos para apreciar a incrível vista panorâmica do nordeste português pintalgado pela beleza das amendoeiras em flor.

A CP – Comboios de Portugal garante, aos passageiros da “Rota das Amendoeiras”, condições especiais no parque de estacionamento de Porto Campanhã e Braga, assim como descontos em alojamentos no Porto, no fim de semana em que se realiza o programa.

Após um inverno rigoroso, esta proposta da CP leva-nos pela magia das cores de primavera, antecipando a chegada do bom tempo e do calor. Uma viagem de deslumbramento pelas paisagens do nosso país, que falta descobrir e apreciar.
CP – Sempre em movimento

desenhados para inspirar e criar uma maior proximidade entre os leitores e as marcas.