Quando um bar de cerveja numa galeria de arte é Má Ideia

O Má Ideia é o nome deste bar que cria raízes numa antiga galeria de arte. Tem quadros nas paredes, livros em estantes e cerveja artesanal de vários países. Serve vinho a copo e café de torra manual.

Alguns vestígios do passado não foram apagados. São os quadros nas paredes, os livros de literatura, de arte e de viagens, em estantes, algumas ilustrações e objetos antigos. O Má Ideia já foi um café, uma livraria, uma galeria de arte, um espaço que vendia roupa de autor, palco de concertos e performances – e já foi tudo isso ao mesmo tempo. Agora é um bar de cervejas artesanais nacionais e internacionais que saem de 12 torneiras. E não são sempre as mesmas. Saem umas, entram outras, numa carta rotativa.

João Peça, o proprietário, está atento ao que se passa neste mundo cervejeiro e não facilita. Está em cima das novidades, frequenta festivais, prova bastantes cervejas, e vai confiando nas opiniões dos amigos e clientes para alcançar o essencial: «Servir cerveja de qualidade». A escolha recai sobretudo nas microcervejeiras, com cervejas a chegar da Dinamarca, República Checa, Bélgica e ainda de Portugal, com marcas como a Musa ou a Dois Corvos. «É uma oferta única na região», garante.

Neste bar, não há garrafas na mesa, só copos de cerveja, e uma novidade fresquinha: tabuleiros de provas que são pranchas de skate, adaptadas a essa nova função. Não têm rodas, permitem a prova de cinco cervejas diferentes, e foram desenhadas especificamente para o bar. O Má Ideia também serve vinho a copo, tostas e pão de alho feitos na hora com pão da avó, e um mix de salgados com amendoins e milho frito. Em suma, tudo o que cai bem com cerveja. João Peça quer contrariar ideia que associa cerveja artesanal ao gourmet e mostrar como essas cervejas combinam bem com qualquer bom ambiente e boa música.

Não é só a cerveja que é especial. No Má Ideia, o café é Vernazza e chega diretamente de um produtor artesanal que faz cafés de torra manual e em pequenas quantidades, com sede na Maia. A música também é importante neste bar que tem duas portas no bairro da beira-mar, na zona pedonal de Aveiro. Das colunas de som, sai trip-hop, ou jazz, ou funk. E como surgiu esta má ideia? Do nome de uma sala que João Peça teve no Mercado Negro, em Aveiro, com uma amiga que tinha um ateliê de costura. Má Ideia era um bom nome e acabou por ficar neste bar que não perdeu os ares de galeria de arte.

Partilhar
Partilhar
Mapa da ficha ténica
Morada
Rua dos Marnotos, 56, Aveiro
Telefone
936021617
Horário
Das 21h00 às 02h00 às segundas, das 18h00 às 02h00 de terças a sábados. Encerra ao domingo
Custo
(€€) Preços: Tabuleiros de provas de cervejas artesanais entre 6 e 8 euros, cervejas artesanais desde 2,5 euros


GPS
Latitude : 40.6426149
Longitude : -8.654710900000055

 

Leia também:

Uma loja de artesanato cheia de cor e arte na ria de Aveiro
Um cabeleireiro em Aveiro onde há café, roupa, música e jardim
A loja vintage que fica num prédio de Arte Nova