Produtor de vinho biológico alentejano recebe prémio europeu

A Herdade dos Outeiros Altos foi distinguida com o Goldener Korken pelas suas práticas sustentáveis

A Herdade dos Outeiros Altos criou o primeiro vinho biológico DOC da região alentejana e viu os seus esforços premiados a nível europeu, tendo-lhe sido atribuído o prémio Goldener Korken 2017. A decisão foi tomada pelo Weinloge, um grupo de especialistas, parceiro da Quercus, e que procura distinguir os produtores pelas suas práticas ecológicas e sustentáveis.

A distinção, entregue pela primeira vez em Portugal, premeia a herdade que assenta no sopé da Serra d’Ossa, a poucos quilómetros de Estremoz. Ali, onde a produção privilegia «a preservação do meio ambiente, a promoção da biodiversidade e a prática de uma agricultura sustentável», reinam as castas exclusivamente portuguesas.

Na Herdade dos Outeiros Altos, os vinhos biológicos seguem o método de produção tradicional mas também o processo artesanal dos vinhos de talha, vinificados em potes de barros.